Agenda de compromissos carnavalescos de Raíssa Santana como Miss Brasil 2016 continuará na sexta-feira das Campeãs


Vai Vai terminou na terceira colocação no Grupo Especial de SP

Da redação TV em Análise

Rodrigo Belentani/Band/Divulgação


Os resultados das apurações dos desfiles das escolas de samba nas quais a Miss Brasil 2016 Raíssa Santana, 21, podem ser decisivos para que sua agenda de compromissos de Carnaval seja estendida. O terceiro lugar da Vai Vai no início da noite desta terça-feira (28) deve obrigar Raíssa, classificada entre as 13 semifinalistas do Miss Universo 2016, a permanecer em São Paulo até a madrugada deste sábado (4), quando a agremiação participa do Desfile das Campeãs no Sambódromo do Anhembi. A TV Brasil transmite o evento.
Com o enredo No Xirê do Anhembi, a Oxum mais bonita surgiu… Menininha, mãe da Bahia – Ialorixá do Brasil, a Vai Vai obteve 269,4 pontos, ficando atrás da Dragões da Real e Acadêmicos do Tatuapé, ambas com 268,7. No sábado do desfile, Raíssa esteve no carro abre-alas ao lado de outras quatro ex-concorrentes do Miss Brasil 2016 – a capixaba Beatriz Leite, a rondoniense Mariana Theol, a maranhense Deise D’anne e a paulista Sabrina de Paiva. A agremiação deve entrar no Sambódromo por volta das 2h.
No Rio de Janeiro, Raíssa desfilou no domingo (26) como musa da Unidos de Vila Isabel. Sua presença no sábado das campeãs, no entanto, não será mais possível: a escola terminou na décima colocação.
Antes de saber que teria que voltar para o Desfile das Campeãs paulistas, Raíssa atendeu compromisso da Rede Bandeirantes na noite desta terça-feira, no último dia de desfiles dos trios elétricos do Carnaval de Salvador. A Miss Brasil 2016 é natural de Itaberaba (278 km a oeste da capital baiana) e se mudou com a família para São Paulo quando esta tinha um ano de idade. Tempos depois, se mudou para Umuarama (562 km a noroeste de Curitiba), onde fixou residência para competir no Miss Paraná 2016, onde foi eleita para participar da etapa brasileira do Miss Universo 2016.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s