Por Olimpíadas de Inverno da Coreia, reinado de Iris Mittenaere como Miss Universo 2016 pode acabar em dezembro de 2017


Concurso poderá ser realizado no dia 17 de dezembro e Las Vegas é cotada para receber 66ª edição da disputa

Da redação TV em Análise

Ted Alibe/Getty Images/29.01.2017


Já temendo uma fuga maior de telespectadores em virtude da proximidade com as Olimpíadas de Inverno de PyeongChang, marcadas para o período de 9 a 25 de fevereiro, e prevendo uma antecipação em massa de premiações de mid-season para 2018 como Grammy e SAG Awards, a Miss Universe Organization já trabalha com a antecipação do concurso Miss Universo 2017 de 14 de janeiro de 2018 para 17 de dezembro de 2017. A decisão ainda não foi fechada, mas já é dada como tecnicamente certa.
Diretores da MUO estão preocupados com a proximidade da 66ª edição do Miss Universo com os Jogos de Inverno da Coreia do Sul, que atrairão uma grande atenção de órgãos de imprensa, sobretudo de países da Europa com larga tradição nesse tipo de evento como Noruega, Rússia e a França de Iris Mittenaere, eleita Miss Universo 2016 há oito dias, em Pasay (região metropolitana de Manila). Caso o Miss Universo 2017 seja marcado para janeiro de 2018, corre-se o risco de se perder público na exibição americana, feita pela FOX. A transmissão do Miss Universo 2016 teve nos Estados Unidos 5,21 milhões de telespectadores. Teme-se que, com a marcação do Miss Universo 2017 para janeiro de 2018, esse número caia mais.
Procurada pela reportagem do TV em Análise Críticas, a direção da Miss Universe Organizatuion informa que não irá comentar sobre a marcação de “eventos futuros”, alegando sigilo contratual. No entanto, fontes da direção da MUO confirmam que o Miss Universo 2017 corre risco sim de ser antecipado em atenção não às Olimpíadas da Coreia, mas ao que chamam de “necessidades industriais” da FOX e de seu apresentador, Steve Harvey, 60. No entanto, nenhuma estratégia foi fechada ainda, mas a tendência de marcação do Miss Universo 2017 para dezembro já é dada como irreversível.
A definição da cidade-sede e do país que receberão a 66ª edição do Miss Universo deverá ser tomada entre a segunda quinzena de julho e a primeira quinzena de outubro. Las Vegas é a cidade mais indicada para receber o certame. Diretores da MUO anseiam pela realização do Miss Universo 2017 na novíssima T-Mobile Arena, que chegou a ser cotada para receber o Miss Universo 2016, mas acabou derrotada pela proposta de empresários filipinos que levou e evento para Manila.
A marcação da data provável do Miss Universo 2017 para dezembro, no entanto, não afetará em nada a vida de Mittenaere: seus vínculos com o concurso de Miss França, que a credenciou para a disputa, já acabaram. Livre do Miss França e focada no Miss Universo, Mittenaere pode fazer sua sucessora em dezembro sem maiores problemas. O problema maior vai ficar com as coordenações nacionais que acumulam licenças do Miss Universo e também do Miss Mundo, sobretudo na Europa, o que vai obrigar alguns países a designar uma candidata para cada certame. No Brasil, a candidata nacional deverá ser escolhida no dia 30 de setembro, em São Paulo.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Por Olimpíadas de Inverno da Coreia, reinado de Iris Mittenaere como Miss Universo 2016 pode acabar em dezembro de 2017

  1. Pingback: Concursos estaduais do Miss Brasil 2017 são antecipados para março e sucessora de Raíssa Santana será eleita em agosto | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s