Depois do resultado, Iris Mittenaere embarca para cumprir reinado de Miss Universo 2016 em Nova York


Francesa encerrou jejum mais longo de títulos do concurso

Da redação TV em Análise

Miss Universe Organization/Divulgação


A francesa Iris Mittenaere, 24, esteve na manhã desta quarta-feira (1º) na Embaixada dos Estados Unidos em Manila para dar entrada nos documentos de embarque e visto de permanência no país durante seu reinado como Miss Universo 2016. A vencedora do concurso tem como um de seus prêmios residência fixa em Nova York, cidade sede da Miss Universe Organization, durante o período de seu reinado, que pode ser alongado ou encurtado, a depender da data para a qual for maracada o concurso Miss Universo 2017.
Mittenaere já encerrou seu reinado como Miss França 2016 e a partir de agora passa a servir apenas como contratada da IMG Models, braço da WME/IMG, grupo proprietário do Miss Universo. Como contratada da IMG Universe, Mittenaere passa a cumprir a agenda de compromissos que for pautada para eventos da WME/IMG, como lutas do UFC, rodeios da PBR, Semana de Moda de Nova York e Lollapalooza. O primeiro compromisso oficial da francesa como Miss Universo 2016 já em solo americano ainda não foi divulgado.
Durante seu reinado, Iris Mittenaere deverá também participar de ações de caridade apoiadas pela Miss Universe Organization em vários países, além de ter presença assegurada em algumas etapas nacionais do Miss Universo 2017. As primeiras viagens internacionais de Mittenarere como Miss Universo 2016 deverão ser definidas nas próximas semanas.
Iris Mittenarere venceu o título de Miss Universo 2016 na manhã da segunda-feira (30), na Mall of Asia Arena, em Pasay (região metropolitana de Manila), encerrando o jejum mais longo de títulos do concurso. A França não vencia o concurso desde sua segunda edição, realizada em 17 de julho de 1953, em Long Beach (Califórnia). À ocasião, a disputa foi vencida por Christiane Martel, à época com 21 anos de idade. Hoje aos 85, reside na Cidade do México.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s