Vice em 1ª avaliação geral do Críticas para o Miss Universo 2016, colombiana lidera quarto hot pick do Missosology


Brasileira Raíssa Santana aparece na quarta colocação e francesa fica fora

Da redação TV em Análise

Fotomontagem/Missosology


Horas antes de o TV em Análise Críticas divulgar sua primeira avaliação geral para o Miss Universo 2016, a página especializada Missosology lançava seu quarto hot pick, denotando diferenças importantes entre as primeiras colocadas de cada levantamento. Na primeira delas, a francesa Iris Mittenaere ficou fora do ranking de 15 favoritas apurado pelo site filipino. A briga de foice está entre as quatro candidatas que o Críticas apuroy na geral divulgada na noite deste domingo (15) – a colombiana Andrea Tovar, a brasileira Raíssa Santana, a dona da casa Maxine Medina e a americana Deshauna Barber, que tiveram suas notas de aparições de mídia revistas para dar um novo ambiente ao quadro de elite da disputa.
Segunda colocada na geral do Críticas, Tovar lidera o hot pick do Missosology. Noutra ponta, Raíssa, terceira colocada no Críticas, aparece em quarto no Missosology. Maxine, quinta colocada no Críticas, aparece na vice-liderança do Missosology. Deshauna, sexta colocada no Críticas, é q que tem pior colocação no top 15 elaborado pelo Missosology. Está literalmente na zona de degola, com riscos enormes de cair fora dos próximos rankings de favoritas que a página elaborar. Para o Críticas, no entanto, a sobrevida de Deshauna no top 15 é meramente uma combinação de notas que poderá beneficiá-la a partir da divulgação das fotos oficiais em traje de banho e traje de gala.
Em relação a Mittenaere, no entanto, o desastre já está feito. A França correrá o risco de alongar ainda mais o seu jejum de títulos de Miss Universo, que se arrasta desde 1953, o mais antigo da história do concurso.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s