Além de Pasay, Manila e Parañaque, centro nervoso do certame, outras quatro cidades filipinas estão confirmadas para a programação do Miss Universo 2016


Baguio, Cebu, Tagbilaran e Vigan estão se preparando para receberem as candidatas

Da redação TV em Análise

Bohol.ph/Divulgação/Reprodução
Praia de Tagbilaran (Bohol) deverá receber candidatas do concurso

A 79 dias do concurso Miss Universo 2016, o Departamento de Turismo das Filipinas (DOT, na sigla em inglês) vai começando a afinar a lista de cidades que receberão atividades paralelas do evento. Até o momento, estão confirmadas as viagens das candidatas da região metropolitana de Manila, onde ficarão hospedadas a partir do dia 13 de janeiro, para quatro cidades – Baguio, Cebu, Tagbilaran (Bohol) e Vigan, onde cumprirão agenda de ensaios e visitas a pontos turísticos.
A relação de cidade que receberão as atividades do Miss Universo 2016 nad ]s Filipinas vai sendo atualizada pelo verbete em inglês do concurso na Wikipedia à medida que os governos provinciais vão confirmando suas participações no certame para acolher as candidatas. Um dos compromissos da chefe do DOT, Wanda Teo, 64, é justamente mostrar ao mundo o que ela descreveu como “tradição da hospitalidade filipina”.
Parte das cidades citadas nesta reportagem já recebeu atividades das candidatas ao Miss Universo nas duas vezes anteriores que as Filipinas receberam o Miss Universo – julho de 1974 e abril/maio de 1994.
O centro nervoso das operações do Miss Universo 2016 ficará dividido entre dois locais da Grande Manila – a Entertainment City, localizada na cidade de Parañaque, onde vai funcionar o resort Okada Manila, hotel oficial das 79 candidatas nacionais confirmadas até agora, e a Mall of Asia Arena, sede das preliminares e da final televisionada da manhã de 30 de janeiro de 2017 (horário local, noite do dia 29 de janeiro de 2017, pelo horário de Brasília). Também estão na mira do DOT para sediarem atividades paralelas da 65ª edição do Miss Universo as cidades de Boracay (Aklan), Cagayan de Oro (Misamis Oriental), Davao (Davao del Sur), Iloilo, Legazpi (Albay), Mambajao (Camiguin), Punta Princesa (Palawan) e Siargao (Surigao del Norte).

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Cidades, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s