Apresentadora filipina vai dividir palco do Miss Universo 2016 com Steve Harvey para evitar reprise de lambança


Joey Mead King confirmou que exercerá função através de postagens em seu Facebook

Da redação TV em Análise

Star World/Divulgação

A modelo filipina Joey Mead King, 40, anunciou através de duas postagens publicadas em seu perfil no Facebook que foi confirmada como co apresentadora da 65ª edição do concurso de Miss Universo, marcada para o dia 29 de janeiro de 2017, na Mall of Asia Arena, em Pasay (região metropolitana de Manila). Na primeira postagem em vídeo, publicada na terça-feira (8), Joey, apresentadora do Asia’s Next Top Model, no canal pago StarWorld, que detém os direitos do Miss Universo em boa parte da Ásia, escreveu: “”Palco do Miss Universo, estou vindo para você”.
No entanto, em outra postagem, publicada no início da tarde desta quinta-feira (10), a modelo, natural de Manila, despistou, informando que “não há nenhuma palavra sobre quem vai co apresentar o concurso (com Steve Harvey, 59)”. “Os organizadores podem ter os seus próprios talentos ou escolher o canal que vai apoiar o concurso. Estou em meio a uma audição”, completou.
A informação de que Joey Mead King dividiria o palco do Miss Universo 2016 com Harvey foi antecipada pelo site especializado Pageanthology 101. Representantes do Departamento de Turismo das Filipinas (DOT, na sigla em inglês) e da Miss Universe Organization não se pronunciaram sobre a suposta escolha até o fechamento desta matéria.
De acordo com especialistas, a colocação de uma co apresentadora no palco do Miss Universo 2016, seja ela quem for, fará com que Steve Harvey não cometa erros de interpretação como o que irritou os torcedores colombianos em 20 de dezembro de 2015. Nessa data, Harvey trocou o nome da vencedora – Pia Wurtzbach, das Filipinas, por Ariadna Gutiérrez, da Colômbia. Foi o primeiro erro cometido pela WME/IMG na administração da Miss Universe Organization, iniciada em 14 de setembro de 2015, quando o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, 70, vendeu à empresa comandada por Ari Emanuel, 55, e Patrick Whitesell, 51, a integralidade de seus ativos.
Já no segundo evento realizado pela MUO, o concurso Miss USA 2016, realizado em 5 de junho, em Las Vegas, não houve erro: o apresentador Terrence J, 34, anunciou rigorosamente o resultado que estava nas suas mãos – Deshauna Barber, do Distrito de Columbia, na primeira colocação e Chelsea Hardin, do Havaí, na segunda. A conferir:

Com a possível confirmação de Joey Meade King, um terceiro nome será chamado pela MUO junto à rede de televisão FOX, que faz a geração internacional do Miss Universo, para servir de comentarista de bastidores do certame em Pasay. No ano passado, em Las Vegas, a função foi exercida pela atriz Roselyn Sánxhez, 43.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Personalidades, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s