Os vencedores e indicados da 50ª edição do CMA Awards


No Dia dos Mortos, Chris Stapleton reinou em noite de derrota para a ABC e evasão de telespectadores para a noite decisiva da World Series da MLB

Da redação TV em Análise

Terry Wyatt/Getty Images/02.11.2016
Antes de Chicago ir à forra, o barbudo Stapleton ficou só na planície

Mantida na Bridgestone Arena, em Nashville (Tennessee), a 50ª edição do Country Music Association (CMA) Awards, realizada na noite da quarta-feira de Finados, 2 de novembro, pontuou-se pelo equilíbrio na distribuição do quadro de vencedores. Não há mais o casal Miranda Lambert e Blake Shelton. Os tempos são outros para a música country norte-americana. Se existe um rei? Se existiu alguma dominação absoluta na noite? Essa se reduziu a Chris Stapleton, 38, natural do Kentucky e papador de premiações desde o ano passado, incluindo o Grammy de sua especialidade.
Transmitida nos Estados Unidos pela ABC, a premiação perdeu 6% de telespectadores em relação ao ano passado. Fechou a noite com 12,49 milhões de telespectadores, média domiciliar de 7,7 e share de 12 pontos. Ficou muito aquém do alcance e da comoção causados pela sétima e decisiva partida da World Series da MLB entre Chicago Cubs e Cleleland Indians – transmitida pela FOX até à 1h (pelo horário da costa leste americana), a partida registrou 23,4 milhões de telespectadores e média de 25,2. Só no horário da premiação, a FOX teve 39,2 milhões de telespectadores, impondo uma violenta e sonora derrota a um dos “Oscars da música country” – o outro é p ACM Awards, realizado em abril, geralmente em Las Vegas. Abaixo, a lista detalhada de vencedores do 50º CMA Awards

CATEGORIAS DA TRANSMISSÃO

Artista do Ano
Chris Stapleton
Carrie Underwood
Keith Urban
Garth Brooks
Luke Bryan

Single do Ano
My Church – Maren Morris
Nobody to Blame – Chris Stapleton
Record Year – Eric Church
Die A Happy Man – Thomas Rhett
Humble and Kind – Tim McGraw

Álbum do Ano
Mr. Misunderstood – Eric Church
Ripcord – Keith Urban
Storyteller – Carrie Underwood
Black – Dierks Bentley
Hero – Maren Morris

Canção do Ano
(Categoria atribuída aos compositores)
Humble and Kind (Tim McGraw) – Compositora: Lori McKenna
Record Year (Eric Church) – Compositores: Eric Church e Jeff Hyde
My Church (Maren Morris) – Compositores: Busbee e Maren Morris
Burning House (Cam) – Camaron “Cam” Ochs, Tyler Johnson e Jeff Bhasker
Die A Happy Man (Thomas Rhett) – Compositores: Sean Douglas, Thomas Rhett e Joe Spargur

Vocalista Feminina do Ano
Maren Morris
Kacey Musgraves
Carrie Underwood
Kelsea Ballerini
Miranda Lambert

Vocalista Masculino do Ano
Tim McGraw
Chris Stapleton
Keith Urban
Dierks Bentley
Eric Church

Grupo Vocal do Ano
Old Dominion
Rascal Flatts
Zac Brown Band
Lady Antebellum
Little Big Town

Dupla Vocal do Ano
Florida Georgia Line
Joey + Rory
Maddie & Tae
Brothers Osborne
Dan + Shay

CATEGORIAS PRÉVIAS

Evento Musical do Ano
The Fighter – Keith Urban com Carrie Underwood
Think of You – Chris Young e Cassadee Pope
You Are My Sunshine – Morgane Stapleton com Chris Stapleton
Different for Girls – Dierks Bentley com Ellie King
Home Alone Tonight – Luke Bryan com Karen Fairchild

Músico do Ano
Dan Huff – violão
Brent Mason – violão
Derek Wells – violão
Jerry Douglas – guitarra
Paul Fraklin – guitarra

Vídeo Musical do Ano
(Atribuído ao diretor)
Humble and Kind (Tim McGraw) – direção: Wes Edwards
Record Year (Eric Church) – direção: John Peets e Reid Long
Somewhere on a Beach (Dierks Bentley) – direção: Wes Edwards
Burning House (Cam) – direção: Trey Fanjoy
Fire Away (Chris Stapleton) – direção: Tim Mattia

Artista Revelação do Ano
Maren Morris
Old Dominion
Cole Swindell
Kelsea Ballerini
Brothers Osborne

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Eventos, Ibopes da vida, Numb3rs, Premiações e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s