Versão brasileira do The Voice tem menos telespectadores que a americana


Viva Odete Lara!

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Trae Patton/NBC/Divulgação/26.10.2016
Na foto, a cantora Faith Hill decorando texto de Gilberto Braga para a próxima novela… das nove

Uma realidade aterradora veio à tona com a apuração, por parte do TV em Análise Críticas, de dados inerentes à quantificação de telespectadores do episódio da quinta temporada do The Voice Brasil levado ao ar na quinta-feira (27). De acordo com dados da Kantar Ibope Media, a edição brasileira do reality, levada ao ar pela Rede Globo, registrou 8,14 milhões de telespectadores (8.142.003, para sermos mais precisos) nos 15 mercados componentes do Painel Nacional de Televisão. Entre as franquias do The Voice, o dado deixa a edição brasileira com menos telespectadores que o registrado nas duas exibições semanais da edição americana pela NBC. Na segunda-feira (24), onde o episódio tem duas horas de duração, o Voice americano registrou 11,173 milhões de telespectadores. Na terça-feira (25), dia em que o Voice of America tem a mesmíssima duração do Voice da Globo, registraram-se 9,408 milhões de telespectadores.
Mas, como explicar essa impopularidade absurda de uma versão para outra do The Voice? A explicação mais plausível está na base pobre de telespectadores que a Jantar Ibope Media afere nas 15 praças do PNT – 68.420.200 telespectadores nas regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Salvador, Recife, Fortaleza, Belém, Manaus, Brasília e Entorno, Goiânia, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre. E só. Na medição americana, realizada pela Nielsen Media Research, são pesquisados mais de 100 mercados, incluindo as 50 capitais de Estado mais o Distrito de Columbia. Lá, pega-se uma base bem maior, de cerca de 250 milhões de telespectadores. Base essa que fica cheia só na noite do Super Bowl ou de alguma premiação importante.
No entanto, a maior vantagem do The Voice brasileiro sobre o norte-americano está na sua média domiciliar – 24,5 (quarta, Globo) contra 6,8 (segunda, NBC) e 5,9 (terça, NBC). Os shares domiciliares foram preservados nesta matéria para assegurar a sua integridade.
Por praça, a maior média do The Voice Brasil está em Florianópolis (32,3). A menor, em Manaus (17,0). Da edição americana, a assessoria da NBC não soltou uma nota sequer da distribuição das audiências regionais.
No Brasil, a edição americana do The Voice tem episódios levados ao ar pelo canal pago Sony uma noite após a veiculação original americana. Ou seja, a edição das terças-feiras bate de frente com o show de horrores do The Voice Brasil nas quartas-feiras em que a Globo bota o festival de horrores do Brasileirinho em datas FIFA (amistosos, eliminatórias da Copa da Rússia, etc.). Normalmente, o The Voice BR 116 passa nas quintas-feiras, depois da novela das oito (que virou das nove por imposição do juiz de menores do Rio Siro Darlan, responsável por “moldar” a programação da Globo desde 2000).

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Ibopes da vida, Reality-shows e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s