EXCLUSIVO: Nova projeção indica que número de candidatas ao título de Miss Universo 2016 deverá ficar igual ao de 2006


Em Los Angeles, candidatas de 86 países disputaram o título

Da redação TV em Análise

Miss Universe Organization/Divulgação/07.2006

Com a quantidade de candidatas nacionais cada vez mais se afunilando, as estimativas para o Miss Universo 2016, pela primeira vez, começam a não bater com as projeções apontadas pelo Departamento de Turismo das Filipinas (DOT, na sigla em inglês), órgão governamental que co organiza o certame, previsto para daqui a 93 dias, na Mall of Asia Arena, em Pasay (região metropolitana de Manila). Pela projeção mais recente do TV em Análise Críticas, 73 países e territórios já elegeram suas candidatas, mas ainda restam outras 13 coordenações nacionais para realizarem seus certames ou aclamações. O último concurso nacional da temporada acontecerá no dia 18 de dezembro, em Dar es Salaam, na Tanzânia.
Pelos números apresentados, deverão estar nas Filipinas 78,89% das 109 coordenações nacionais ativas junto à Miss Universe Organization, de acordo com a sondagem que o Críticas fez no início da tarde da sexta-feira (28) no verbere anglófono da Wikipedia para o certame. Ou seja, o Miss Universo 2016 deverá ter a participação de 86 candidatas, mesmo número verificado no Miss Universo 2006, realizado em Los Angeles. Esse era o recorde de candidatas estabelecido até então, sendo superado em 2011 (São Paulo) e 2012 (Las Vegas). Nas duas cidades, o Miss Universo contou com 89 candidatas. A projeção do DOT é de que 97 candidatas (88,99% do total) participem do certame, mas dificilmente essa meta será atingida.
Independente dos dados que vierem a aparecer depois, o número de candidatas do Miss Universo 2016 será o maior para uma edição do certame realizado em território filipino. O contingente de 65 candidatas, verificado em 1974, já foi superado. O número de 77 candidatas, verificado no concurso de 1994, será ultrapassado no dia 6 de novembro, quando Argentina e Uruguai realizarem seus concursos. O Brasil já elegeu sua candidata no sábado, 1º de outubro. O quadro exposto independe da participação ou não da candidata do Líbano, Sandy Tebet, 21, na disputa.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s