Com presença incerta no Miss Universo 2016, Líbano já se ausentou do concurso nas Filipinas em 1994 e competiu 20 anos antes


Na única vez que o país árabe conseguiu competir, não passou das semifinais

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Reprodução/Missosology/07.1974
Laudy Slim Gabache, candidata do Líbano no Miss Universo 1974, ao lado da representante da Bélgica, Anne-Marie Sophie Sikorski

É das mais complicadas a situação da Miss Líbano 2016, Sandy Tabet, 21, eleita no sábado (22), em um hotel de Beirute, para tentar participar do concurso Miss Universo 2016, previsto para daqui a 96 dias na Mall of Asia Arena, em Pasay (região metropolitana de Manila). O histórico de participações do Líbano em edições do Miss Universo realizadas nas Filipinas é ínfimo – competiu apenas uma vez, em 1974, com Laudy Slim Gabache, que não se classificou entre as 12 semifinalistas.
Em 1994, o país chegou a eleger Lara Badawi para competir na segunda edição do Miss Universo realizada nas Filipinas, realizada na manhã do dia 20 de maio (noite de dia 19 de maio, pelo horário de Brasília), no Centro Internacional de Convenções das Filipinas, também em Pasay. No entanto, razões desconhecidas tiraram o país da disputa, marcada por fortes tensões políticas, agravadas por protestos de movimentos feministas ligados ao partido do então presidente Fidel Ramos, 88, a Frente Nacional Democrática.
Em 1974, o Miss Universo ocorreu na manhã do dia 21 de julho (noite do dia 20 de julho, pelo horário de Brasília), no Teatro de Artes Folclóricas do Centro Cultural das Filipinas, na mesma cidade de Pasay que sediará o Miss Universo 2016.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em História, Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Com presença incerta no Miss Universo 2016, Líbano já se ausentou do concurso nas Filipinas em 1994 e competiu 20 anos antes

  1. Pingback: EXCLUSIVO: Nova projeção indica que número de candidatas ao título de Miss Universo 2016 deverá ficar igual ao de 2006 | TV em Análise Críticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s