O placar das temporadas completas concedidas pelas redes abertas americanas até 17 de outubro de 2016


Das 17 produções que já estrearam em quatro das cinco principais redes, sete já receberam esse benefício

Da redação TV em Análise

David M. Russell/CBS/Divulgação/20.09.2016
Bull foi uma das cinco séries contempladas com 22 episódios

Com a estreia de 17 das 20 novas séries já feita pelas cinco principais redes abertas americanas – ABC, CBS, NBC, FOX e The CW – para a fall-season 2016, parte dessas produções, dado seu bom desempenho de audiência, como pode ser denotado no quadro que o TV em Análise Críticas publicou na sexta-feira (7). Quatro das cinco séries de maior audiência para seus pilotos – Bull, Kevin Can Wait, MacGyver e Designated Survivor – conseguiram ordem de 22 episódios cada, podendo ser estendida de acordo com as necessidades de programação de cada rede exibidora, CBS e ABC, no caso. A pedido de seu produtor, This is Us recebeu uma ordem menor, de 18 episódios.

Richard Foreman, Jr/FOX/Divulgação/21.09.2016
Com a sétima estreia mais vista, Lethal Weapon recebeu temporada menor

Na mesma situação de This is Us está Lethal Weapon, cujo piloto foi tema da Coluna da Semana (“Padrão Kojak-PSDB de qualidade“) que o Críticas publicou junto com o Jornal Meio Norte na quinta-feira (13) e no domingo (16). O piloto da adaptação televisiva da franquia de filmes Máquina Mortífera registrou a sétima maior audiência entre 16 pilotos de novas séries que tiveram seus números reportados pelo Críticas a partir de dados repassados à imprensa pela Nielsen Media Resarch. Fechou com 7,8 milhões de telespectadores, média de 5,3 e share domiciliar de 9 pontos. No gráfico abaixo, a ordem numérica de episódios que cada uma das sete novas séries recebeu da respectiva rede exibidora para compor suas temporadas

Quantidade Produção Rede
22 Bull CBS
Designated Survivor ABC
Kevin Can Wait CBS
MacGyver CBS
Speechless ABC
18 Lethal Weapon FOX
This is Us NBC
Fonte: TVbytheNumbers

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Numb3rs, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s