Etapa chilena do Miss Universo 2016 será transmitida pela Chilevisión no dia 12 de novembro


Emissora é a quarta a transmitir o Miss Universo Chile desde 1977

Da redação TV em Análise
Com informações do Emol

Chilevisión/Reprodução/14.10.2016

A Chilevisión quarta rede de maior audiência no Chile, vai transmitir o concurso Miss Universo Chile 2016, no dia 12 de novembro. O anúncio foi feito na conta de Twitter da emissora na quarta-feira, 21 de setembro, quando foi aberto o processo de seleção das 16 candidatas da etapa nacional do Miss Universo 2016.
A equipe que vai trabalhar na produção do certame é a mesma responsável pelo Festival de Viña del Mar. De acordo com o produtor executivo do evento, Carlos Valencia, o formato sofrerá alterações em relação ao empregado em anos anteriores.

Harry Langdon/Getty Images/1987
Foco serão os 30 anos da coroação de Cecilia Bolocco

O Chile ficou sem participar do Miss Universo entre 2006 e 2010, quando o empresário italiano Luciano Marrochino assumiu a coordenação nacional do certame. O país tem um histórico de 13 classificações em 52 participações não consecutivas, o que corresponde a um aproveitamento de 25%, um dos menores entre os países sul-americanos que enviam candidatas ao Miss Universo. O Chile começou suas participações no certame em 1952.
De acordo com Valencia, o foco do Miss Universo Chile 2016 será homenagear os 30 anos da coroação de Cecília Bolocco como Miss Universo, a serem completados no dia 26 de maio de 2017, meses após a realização do Miss Universo 2016, previsto para daqui a 103 dias, em Pasay (região metropolitana de Manila, capital das Filipinas).
Em toda a história do Miss Universo Chile, a Chilevisión, parcialmente controlada pelo grupo americano Time Warner, além de ser a quarta emissora em audiêncioa, é também a quarta emissora aberta a fazê-lo: antes dela, as rivais TVN (1977-1995), Megavisión (1996-1997) e Canal 13 (1998-2002). Depois da retomada, em 2012, o certame foi transmitido pelo canal pago Sun Channel, com promessa de retornar o certame para a TV aberta em 2013, o que não aconteceu.
A atriz espanhola Francisca García-Huidobro, 42, apresentadora do programa Maldita Moda, foi designada pelos organizadores para apresentar o certame. O concurso terá quatro segmentos: trajes de banho, trajes de gala, entrevista pessoal e seleção final.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s