Definidas as 11 cidades filipinas que irão receber atividades do Miss Universo 2016


Lista inclui Cagayan de Oro, cidade onde Pia Wurtzbach foi criada, Pasay e Parañaque, cidade onde vai funcionar o hotel onde as candidatas se hospedarão

Da redação TV em Análise

Missosology/Reprodução/29.07.2016
Programação irá de 13 a 30 de janeiro de 2017, com final no Mall of Asia Arena

O Departamento de Turismo das Filipinas (DOT, na sigla em inglês) já fechou a lista das 11 cidades que receberão a visita das candidatas do concurso Miss Universo 2016 entre os dias 13 e 30 de janeiro de 2017. Foram contempladas Boracay, Cagayan de Oro, Cebu, Davao, Iloilo, Manila, Palawan, Parañaque, Pasay, Siargao e Vigan. A informação foi prestada com exclusividade ao TV em Análise Críticas na manhã desta terça-feira (4) por uma fonte do órgão que está trabalhando ativamente nas negociações com a Miss Universe Organization, que devem ser concluídas com a assinatura do contrato de organização da 65ª edição do certame, a ser assinado em Nova York em data ainda a ser definida durante este mês.
Em conversa com internautas via Facebook na manhã desta segunda-feira (3), a atual detentora do título de Miss Universo, Pia Wurtzbach, 27, nascida em Stuttgart (Alemanha), mas criada em Cagayan de Oro, disse que a realização do concurso no país “é um sonho”. Na prática, já é uma realidade: o DOT já decidiu que o Miss Universo 2016 ocorrerá no Mall of Asia Arena, em Pasay (região metropolitana de Manila). As demais cidades receberão atividades preliminares, à exceção de Paraãque, onde vai ficar a única obra concebida para o Miss Universo 2016: o resort Okada Manila, construído por um grupo japonês, a Universal Entertainment Corporation.
Em julho, diretores da MUO e a própria Pia estiveram com o presidente recém-empossado das Filipinas, Rodrigo Duterte, 71, e com duas diretoras do DOT, Wamda Teo e Katherine “Kat” de Castro, para dar início às negociações. Mais tarde, quatro grupos – além da Universal Entertainment, a Philippine Airlines, Solar Entertainment e SM Group – anunciaram ter conseguido os US$ 11 milhões (R$ 35,37 milhões, em valores atualizados) necessários à cobertura das despesas de organização, que não ficarão sob a responsabilidade do Estado filipino. Ao governo de Manila, caberá apenas prover as candidatas do esquema de segurança, vigilância sanitária e epidemiológica e patrulhamento de aeroportos, portos e de áreas marinhas durante a organização do certame.
As únicas arestas que faltam ser aparadas para a viabilização do Miss Universo 2016 nas Filipinas dizem respeito a tratativas com a rede de televisão americana FOX para o transporte de equipamentos e de pessoal encarregado de fazer a geração internacional em inglês para 213 países e territórios. A emissora local ABS-CBN dará todo o suporte necessário aos artistas que a FOX e a dona do Miss Universo, a WME/IMG, escalarem para a transmissão. As assinaturas dos contratos de patrocínio seguem a todo vapor.
De acordo com a chefe do DOT, Wanda Teo, o anúncio oficial das Filipinas como sede do Miss Universo 2016 por parte da MUO e da FOX “deverá ser feito nos próximos dias”, sem precisar exatamente em qual data.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Definidas as 11 cidades filipinas que irão receber atividades do Miss Universo 2016

  1. Pingback: Subsecretária de Turismo das Filipinas pede que questões políticas sejam afastadas do Miss Universo 2016 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: WME/IMG já orientou coordenações nacionais sobre data do Miss Universo 2016 | TV em Análise Críticas

  3. Pingback: Baguio pode ser a 12ª cidade a receber atividades do Miss Universo 2016 nas Filipinas | TV em Análise Críticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s