EXCLUSIVO: A avaliação geral do Críticas para o concurso Miss Brasil 2016 após a divulgação dos vídeos oficiais de 24 das 27 candidatas na televisão e na internet


Briga entre Alagoas e Rio Grande do Sul promete se intensificar a partir de agora

Da redação TV em Análise

Por dois milésimos, Gabriela Marinho lidera rodada sobre Letícia Kuhn
Miss Alagoas Universo/Divulgação/20.08.2016

A divulgação de 24 dos 27 vídeos oficiais das candidatas ao título de Miss Brasil 2016, envolvendo apresentações no horário nobre da Rede Bandeirantes feitas até o sábado (17) e vídeos disponibilizados no canal de YouTube do concurso provocou uma verdadeira reviravolta no quadro de favoritas ao título a menos de um dia do início da programação oficial do certame, em São Paulo. Levando-se em conta o material veiculado, a alagoana Gabriela Marinho lidera a primeira avaliação geral que o TV em Análise Críticas realiza com vistas ao certame, envolvendo todas as 27 candidatas estaduais eleitas e aclamadas. Mas há outro fator: a atualização da nota de traje de gala após a apresentação na aclamação estadual realizada em agosto, em Maceió, foi decisiva para que Gabriela desbancasse a catarinense Mariana Guerra da liderança que tinha na rodada final pós-concursos estaduais.
Também contribuíram para a mudança drástica no quadro as notas dos vídeos ofiociais das candidatas do Amazonas, Brena Dianná, da Paraíba, Mayrla Vasconcelos, de Sergipe, Carol Valença, e do Rio Grande do Norte, Danielle Marion. Essas candidatas, mais a piauiense Lara Lobo, que ainda não teve vídeo oficial divulgado para ser avaliado nesta fase, contribuíram para que Mariana caísse para a oitava colocação. Aspectos estéticos das candidatas nos bídeos oficiais divulgados também contribuíram para que, a princípio, houvesse uma maio solidificação no quadro de favoritas a uma vaga entre as 15 semifinalistas, crucial para o julgamento dos jurados da final televisionada de daqui a 10 dias, no Citibank Hall. Para Alagoas, ter uma semifinalista já está de bom grado. Mas o título nacional se conquistado imporá à coordenação estadual maiores responsabilidades na preparação de sua candidata para o Miss Universo 2016, previsto para o período de 13 a 30 de janeiro, nas Filipinas. Pasay, como todas as outras seis cidades da Ásia que receberam o Miss Universo de 1974 a 2008, são território hostil às misses brasileiras no Miss Universo, que de lá saíram sem uma classificação sequer entre as semifinalistas. Esta é uma história a ver mais adiante. No caso de Letícia Borghetti, está em jogo a possibilidade do 15º título de Miss Brasil para o Rio Grande do Sul. Em Brena Dianná, está a possibilidade de acabar com uma seca de títulos que para o Amazonas se arrasta há 59 anos. Paraíba e Sergipe ainda não viram a cor da coroa, a despeito de sucessos relativos. No caso do Rio Grande do Norte, um tricampeonato, nesta altura do campeonato, soaria impossível, mas deixemos os jurados decidirem.
Dos Estados com candidatas no top 15 desta avaliação geral do Críticas, o maior jejum de títulos pertence ao Amazonas, da maneira que já foi exposta. Na maioria dos casos, as notas de traje de banho e traje de gala, exceto atualizações feitas nas notas de Alagoas, Sergipe e Tocantins, são herdadas dos concursos estaduais onde as candidatas foram eleitas ou aclamadas. As notas em ordem decrescente estão logo abaixo

NOTAS DAS CANDIDATAS EM ORDEM DECRESCENTE
Foram consideradas as notas dos quesitos de traje de banho e traje de gala, além das aparições em noticiários
Candidata Traje de Banho (herdada) Traje de Gala (herdada) Vídeo Oficial Média Geral
Gabriela Marinho (AL) 10 10 9,985 9,995
Letícia Borghetti (RS) 10 10 9,979 9,993
Brena Dianná (AM) 10 10 9,926 9,975
Lara Lobo (PI) 9,987 10 9,937 9,974
Mayrla Vasconcelos (PB) 10 10 9,899 9,966
Carol Valença (SE) 10 10 9,897 9,965
Danielle Marion (RN) 10 9,951 9,921 9,957
Mariana Guerra (SC) 10 9,989 9,879 9,956
Morgana Carlos (CE) 10 9,877 9,962 9,946
Raíssa Santana (PR) 9,959 9,938 9,939 9,945
Deise D’anne (MA) 9,971 9,950 9,895 9,938
Yara Deckner (MS) 10 9,826 9,979 9,935
Joely Teixeira (AP) 9,951 9,977 9,873 9,933
Sabrina de Paiva (SP) 9,877 9,923 9,979 9,926
Talita Martins (PE) 10 9,897 9,879 9,925
Victoria Esteves (BA) 10 9,836 9,941 9,925
Sarah Souza (DF) 10 9,839 9,925 9,921
Iane Cardoso (RR) 10 9,867 9,875 9,914
Paloma Marques (MG) 9,891 9,899 9,951 9,913
Jaqueline Verrel (TO) 9,978 9,875 9,877 9,910
Mariana Theol (RO) 9,851 9,932 9,899 9,894
Mônica França (GO) 9,923 9,879 9,869 9,890
Taiany Zimpel (MT) 9,871 9,851 9,925 9,882
Beatriz Leite (ES) 9,728 10 9,879 9,869
Sabrina Amorim (RJ) 9,833 9,877 9,879 9,863
Fablina Paixão (PA) 10 9,839 9,657 9,832
Juciane Menezes (AC) 9,627 9,879 9,879 9,795
NOTAS DAS CANDIDATAS EM ORDEM ALFABÉTICA
Foram consideradas as notas dos quesitos de traje de banho e traje de gala, além das aparições em noticiários
Candidata Traje de Banho Traje de Gala Vídeo Oficial Média Geral
Juciane Menezes (AC) 9,627 9,879 9,879 9,795
Gabriela Marinho (AL) 10 10 9,985 9,995
Joely Teixeira (AP) 9,951 9,977 9,873 9,933
Brena Dianná (AM) 10 10 9,926 9,975
Victoria Esteves (BA) 10 9,836 9,941 9,925
Morgana Carlos (CE) 10 9,877 9,962 9,946
Sarah Souza (DF) 10 9,839 9,925 9,921
Beatriz Leite (ES) 9,728 10 9,879 9,869
Mônica França (GO) 9,923 9,879 9,869 9,890
Deise D’anne (MA) 9,971 9,950 9,895 9,938
Taiany Zimpel (MT) 9,871 9,851 9,925 9,882
Yara Deckner (MS) 10 9,826 9,979 9,935
Paloma Marques (MG) 9,891 9,899 9,951 9,913
Fablina Paixão (PA) 10 9,839 9,657 9,832
Mayrla Vasconcelos (PB) 10 10 9,899 9,966
Raíssa Santana (PR) 9,959 9,938 9,939 9,945
Talita Martins (PE) 10 9,897 9,879 9,925
Lara Lobo (PI) 9,987 10 9,937 9,974
Sabrina Amorim (RJ) 9,833 9,877 9,879 9,863
Danielle Marion (RN) 10 9,951 9,921 9,957
Letícia Borghetti (RS) 10 10 9,979 9,993
Mariana Theol (RO) 9,851 9,932 9,899 9,894
Iane Cardoso (RR) 10 9,867 9,875 9,914
Mariana Guerra (SC) 10 9,989 9,879 9,956
Sabrina de Paiva (SP) 9,877 9,923 9,979 9,926
Carol Valença (SE) 10 10 9,897 9,965
Jaqueline Verrel (TO) 9,978 9,875 9,877 9,910

Após a rodada, o panorama das 15 semifinalistas (de acordo com os padrões da organização do Miss Brasil) é este:

-Gabriela Marinho (AL)-9,995
-Letícia Borghetti (RS)-9,993
-Brena Dianná (AM)-9,975
-Lara Lobo (PI)-9,974
-Mayrla Vasconcelos (PB)-9,966
-Carol Valença (SE)-9,965
-Danielle Marion (RN)-9,957
-Mariana Guerra (SC)-9,956
-Morgana Carlos (CE)-9,946
-Raíssa Santana (PR)-9,945
-Deise D’anne (MA)-9,938
-Yara Deckner (MS)-9,935
-Joely Teixeira (AP)-9,933
-Sabrina de Paiva (SP)-9,926
-Talita Martins (PE)-9,925

-Victoria Esteves (BA)-9,925
-Sarah Souza (DF)-9,921
-Iane Cardoso (RR)-9,914
-Paloma Marques (MG)-9,913
-Jaqueline Verrel (TO)-9,910
-Mariana Theol (RO)-9,894
-Mônica França (GO)-9,890
-Taiany Zimpel (MT)-9,882
-Beatriz Leite (ES)-9,869
-Sabrina Amorim (RJ)-9,863
-Fablina Paixão (PA)-9,832
-Juciane Menezes (AC)-9,795

As notas de avaliação foram ponderadas a partir da verificação dos vídeos oficiais veiculados tanto na programação da Rede Bandeirantes quanto pelo canal oficial de YouTube do Miss Brasil pela redação do Críticas, entre os dias 4 de junho e 21 de setembro de 2016. Vale ressaltar que esta sondagem não reflete, necessariamente, a classificação oficial para as semifinais do Miss Brasil 2016, bem como para suas etapas classificatórias posteriores (trajes de banho, trajes de gala e entrevista final).

Avaliações anteriores

Avaliações parciais
*1ª avaliação parcial: 28 de agosto de 2016
*2ª avaliação parcial: 30 de agosto de 2016
*3ª avaliação parcial: 3 de setembro de 2016
*4ª avaliação parcial: 6 de setembro de 2016
*5ª avaliação parcial: 8 de setembro de 2016
*6ª avaliação parcial: 11 de setembro de 2016
*7ª avaliação parcial: 16 de setembro de 2016

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Datamisses, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para EXCLUSIVO: A avaliação geral do Críticas para o concurso Miss Brasil 2016 após a divulgação dos vídeos oficiais de 24 das 27 candidatas na televisão e na internet

  1. Pingback: EXCLUSIVO: A avaliação geral do Críticas para o concurso Miss Brasil 2016 após a divulgação dos vídeos oficiais das 27 candidatas estaduais na televisão e na internet | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: EXCLUSIVO: A avaliação final do Críticas para o concurso Miss Brasil 2016 com as notas de traje de banho e ensaio oficial | TV em Análise Críticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s