As indicações ao 68º Primetime Emmy nas categorias de música


*Fracassos de Limitless e Minority Report emplacam suas únicas indicações
*Lady Gaga é cortada da indicação de Til It Happens to You

Da redação TV em Análise

Peter Kramer/USA Network/30.10.2014


Piloto de Mr. Robot também concorre por trilha sonora em série

Numa completa falta de respeito, a Academia de Televisão cortou o nome da cantora Lady Gaga, 30, da dupla de compositoras de Til It Happens to You, do documentário The Hunting Ground, que concorre ao 68º Primetime Emmy na categoria de melhor letra e música original. Coescrita por Diane Warren, 59, a canção concorreu ao 88º Oscar na mesma categoria, mas perdeu para Writing’s On The Wall, de 007 Contra Spectre, da parceria dos ingleses Sam Smith, 24, e Jimmy Napes. Para quem acompanha o trabalho de Lady Gaga, nascida Stefani Joanne Angelina Germanotta, desde sua estreia televisiva no concurso Miss Universo 2008, realizado em um resort do Vietnã, sua exclusão do Emmy soa como uma ofensa, ainda mais como uma retaliação pelo fato desta estar investindo ao mesmo tempo na carreira de atriz – teve submissão apresentada por American Horror Story: Hotel na categoria de melhor atriz em minissérie ou telefilme. Na disputa de votos de seu peer group, formado por filiados do SAG-AFTRA, Gaga acabou perdendo a indicação para Sarah Paulson, 41, de American Crime Story.
Em outro ponto, dois desastres da temporada televisiva 2015-2016, as adaptações dos filmes Limitless e Minority Report convertidas em séries de qualidade questionável que beiravam mais à comédia do que ao drama encontraram nas trilhas sonoras de Paul Leonard-Morgan, 42, (estreante) e Sean Callery, 52 (três vitórias em 16 indicações) as únicas indicações que tiveram. As duas produções concorrem na categoria de melhor trilha sonora original em série, que conta com um concorrente importante – Mac Quayle, do piloto de Mr. Robot. Os vencedores das cinco categorias competitivas de música do “Oscar do horário nobre americano” serão conhecidos na noite do sábado (10), no Microsoft Theatre, em Los Angeles. Abaixo, a lista detalhada de indicados

Trilha sonora em minissérie, telefilme ou especial
James Newton Howard – All the Way
David Lawrence – Descendants
Jeff Russo – Fargo (Loplop)
Jeff Beal – Jesse Stone: Lost in Paradise
Victor Reyes – The Night Manager (Episódio 2)
Martin Phipps – War & Peace (Parte 1)

Trilha sonora em série
Chris Bacon – Bates Motel (Forever)
Duncan Thum – Chef’s Table (Grant Achatz)
Paul Leonard-Morgan – Limitless (Piloto)
Sean P. Callery – Minority Report (Piloto)
Mac Quayle – Mr. Robot (eps1.0_ hellofriend. mov)
Abel Korzeniowski – Penny Dreadful (And They Were Enemies)

Direção musical
Paul Shaffer – A Very Murray Christmas
Danny Elfman – Danny Elfman’s Music From the Films of Tim Burton (Live From Lincoln Center)
John Beasley – Jazz at The White House
Alan Gilbert – Sinatra: Voice For a Century (Live From Lincoln Center)
Rickey Minor e Christian McBride – Smithsonian Salutes Ray Charles: In Performance at The White House

Tema de abertura original
Rachel Bloom e Adam Schlesinger – Crazy Ex-Girlfriend
Sean P. Callery – Marvel’s Jessica Jones
Rodrigo Amarante – Narcos
Johnny Klimek e Tom Tykwer – Sense8
Victor Reyes – The Night Manager
Robert Duncan – The Whispers

Letra e música original
Settle For MeCrazy Ex-Girlfriend (I’m Going on a Date with Josh’s Friend!) – música e letra de Adam Schlesinger e letra de Rachel Bloom e Jack Dolgen
Good PeopleEmpire (A Rose by Any Other Name) – letra e música de Jum Beanz
A New SeasonGalavant (A New Season aka Suck It Cancellation Bear) – Música de Alan Menken e letra de Glenn Slater
Frozen LullabyGarfunkel and Oates: Trying to be Special – Letra e música de Riki Lindhome e Kate Micucci
Til It Happens to YouThe Hunting Ground – Letra e música de Diane Warren

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Especiais, Minisséries e telefilmes, Premiações, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s