Ilha de Siargao apresenta proposta para receber sessão de fotos de trajes de banho do Miss Universo 2016


Cerca de 20 candidatas estarão na região para participar do ensaio

Da redação TV em Análise, com agências

Manila Bulletin


Entre 2010 e 2015, região teve crescimento de 123.8% no número de turistas

A proposta do governo da província de Surigao del Norte (região de Mindanao, 757 km ao sudeste da capital, Manila) para sediar a realização da sessão de fotos oficiais de trajes de banho do concurso Miss Universo 2016 recebeu resposta positiva do Departamento de Turismo das Filipinas (DOT, na sigla em inglês). O anúncio foi feito na manhã da quinta-feira (25) pela governadora Sol Matugas, em entrevista coletiva após reunião com a chefe do órgão, Wanda Teo.
A governadora disse que cerca de 20 candidatas farão suas fotos oficiais de trajes de banho em Siargao. “Em nome de toda a comunidade Surigaonon, estamos muito satisfeitos em apoiar os esforços do Departamento de Turismo no desenvolvimento da indústria do turismo, especialmente com sucesso com a seleção do país como o anfitrião mais esperado do Miss Universo”, disse a chefe de governo.
O governo de Surigao del Norte disse que a província teve um incremento de 123.8% no número de turistas na região entre 2010 (187.875) e 2015 (420.448). Uma maior movimentação de turistas na região é esperada para os próximos meses, principalmente devido à realização, em setembro, de uma etapa do Circuito Mundial de Surfe.
Além de Siragao, outras sete cidades filipinas – Batangas, Cagayan de Oro, Isabela Province, Cebu, Davao, Palawan e Vigan – também se candidataram para receber eventos secundários do Miss Universo 2016. A preliminar e a final televisionada deverão acontecer na manhã do dia 30 de janeiro de 2017, pelo horário local (noite do dia 29 de janeiro, pelo horário de Brasília). Cinco cidades – Angeles, Antipolo, Bocaue, Pasay e Quezón City – disputam o direito de sediar a parte mais nobre da 65ª edição do concurso de Miss Universo, que terá transmissão para 213 países e territórios. A distribuição internacional para 190 deles ficará a cargo da Alfred Haber Distribution.

Anúncio oficial só sairá após pagamento de taxas, diz MUO

Especialistas locais em concursos de beleza disseram ao jornal Inquairer na quarta-feira (17) que a direção da Miss Universe Organization informou que não fez o anúncio formal da sede do Miss Universo 2016 para as Filipinas devido à burocracia que cerca o pagamento das taxas de organização. De acordo com a publicação, uma fonte que pediu para não ser identificada afirmou que a MUO está tentando evitar problemas como os que ocorreram em 2012, quando Santo Domingo, capital da República Dominicana, abandonou a candidatura devido a medidas de austeridade implantadas pelo presidente recém-empossado, Danilo Medina, impostas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). À ocasião, Las Vegas, que já recebera o certame em caráter de emergência em 2010, após a desistência de Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) por razões políticas, foi incumbida de receber o certame, que contou com 89 candidatas.
A não decisão da MUO sobre o caso filipino também afeta sua geradora oficial em língua inglesa, a FOX, que também se sente impedida de emitir press releases sobre o assunto enquanto Comitê Organizador Filipino (PHC, na sigla em inglês) não resolver o lado financeiro da história. No entanto, as autoridades filipinas insistem em dizer que está tudo certo para o certame ocorrer no país, faltando apenas aparar algumas arestas, principalmente nos campos financeiro e jurídico, para que a FOX e a MUO façam o anúncio formal o quanto antes.
Devido a ameaças recentes do Estado Islâmico, a segurança das candidatas nas cidades que acolherão atividades do Miss Universo 2016 e em todos os locais de ensaios e competição será rigorosamente reforçada.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Ilha de Siargao apresenta proposta para receber sessão de fotos de trajes de banho do Miss Universo 2016

  1. Pingback: Quatro grupos conseguem os US$ 11 milhões necessários à realização do Miss Universo 2016 nas Filipinas | TV em Análise Críticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s