Em Belém, A Terra Prometida derrota ilha da fantasia do governo interino de Temer (e da Globo)


De acordo com dados da Kantar Ibope, segunda semana da saga de Josué teve média de 22,3 contra 20,9 do Boletim Focus do Jornal Nacional do Banco Central

Da redação TV em Análise

Rede Record/Divulgação/13.07.2016


Os dados são relativos à semana de 11 a 15 de julho

A poucas horas de a Kantar Ibope Media liberar novos boletins de audiência referentes aos 15 mercados base para o Painel Nacional de Televisão (PNT) – São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Salvador, Recife, Fortaleza, Belém, Manaus, Brasília, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre, cabe um registro importante: a segunda semana da novela bíblica A Terra Prometida, substituta do fenômeno Os Dez Mandamentos na faixa das 20h30 da Rede Record, impôs na região metropolitana da capital paraense uma dura derrota ao Diário Oficial do Jornal Nacional do Governo Golpista e Interino, patrocinado pela Rede Globo, Organização Rômulo Maiorana e Fiesp – ver mais na Coluna da Senadora Gleisi Hoffmann “Temer blindado e o povo enganado“. De acordo com os dados consolidados referentes à semana de 11 a 15 de julho, A Terra… teve média domiciliar de 22,3 pontos contra 20,9 registrados pelo Jornal Nacional Governista de Plantão.
Na retaguarda, o SBT com a adaptação da novelinha infantil mexicana Cúmplices de um Resgate registrou 7,9 de média, contra 5,9 da novela turca Sila – Prisioneira do Amor, importada pela Rede Bandeirantes, representada na cidade pela TV RBA, pertencente ao senador Jader Barbalho (PMDB), 71, investigado pelo Supremo Tribunal Federal por suposto envolvimento com outros caciques peemedebistas como José Sarney, Romero Jucá, Valdir Raupp e Renan Calheiros no esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Polícia Federal na Operação Lava Jato. Cada ponto na capital paraense equivale a 6.421 domicílios e 21.718 telespectadores.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Ibopes da vida, Jornalismo, Mondo cane, Novelas, Numb3rs, Poderes ocultos, Podres poderes e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s