Afiliada da Band vai gravar concurso Miss Goiás 2016


Exibição da etapa local do Miss Brasil 2016 será no sábado (30)

Da redação TV em Análise

Miss Goiás Universo/Divulgação/24.07.2016


17 candidatas irão disputar o título: Estado ainda não venceu o Miss Brasil

A coordenação do concurso Miss Goiás válido pelo Miss Brasil/Miss Universo anunciou na tarde da quarta-feira (20) que a TV Goiânia, afiliada da Band no Estado, vai fazer a gravação da edição 2016 do certame, a ser realizada na quarta-feira (27), no Teatro Madre Esperança Garrido, localizado no Setor Central de Goiânia. 17 candidatas vão disputar o direito de representar Goiás na etapa brasileira do Miss Universo 2016, marcada para 1º de outubro, em São Paulo.
De acordo com os organizadores, a TV Goiânia vai exibir o VT do certame no sábado (30), às 22h15, para as cidades goianas cobertas por seu sinal. Uma delas, com certeza, não será Rio Verde, cidade escolhida para servir de piloto do switch-off das transmissões analógicas de televisão aberta. A repetidora da emissora no município foi desativada em 1º de março.
Na história do Miss Brasil, Goiás não tem nenhum título nacional. Em três oportunidades – 1979, com Suzane Ferreira de Andrade, 1987, com Luciana Candine Silva, e 2003, com Lara Andressa de Brito – o Estado ficou perto do feito, obtendo o segundo lugar. Caso a representante goiana a sair do Miss Goiás 2016 vença o Miss Brasil 2016, o Estado estará perseguindo um feito inédito – emplacar uma representante na disputa do título de Miss Universo, o que ainda não aconteceu.
Desde que a empresa de varejo Polishop, em associação com a agência Ford Models Brasil e o grupo de entretenimento norte-americano WME/IMG assumiram a administração do concurso Miss Brasil no dia 15 de janeiro, a Band foi orientada a exibir boletins com as eleições das 27 candidatas estaduais ao Miss Brasil 2016. Até o momento, a Band e suas afiliadas exibiram os certames de quatro Estados – São Paulo, Ceará, Paraná e Rio Grande do Sul. Goiás será o quinto Estado a ser contemplado com uma exibição local de sua etapa do Miss Brasil 2016, que credenciará a representante brasileira no Miss Universo. A disputa internacional está prevista para 29 de janeiro de 2017, nas Filipinas.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Mídia regional, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s