Assunto da semana: Crônicas de Uma Linda Mulher


Lições de Garry Marshall aos concorrentes do 68º Emmy de comédia

Stephen Lovekin/Getty Images/07.12.2011

Não adianta botar a Julia Roberts para dar risada junto com o Richard Gere. Essa é a primeira coisa a se ensinar do inventário artístico de Garry Marshall (assim escrito), morto nesta terça-feira (19) aos sete produtores concorrentes no 68º Primetime Emmy de melhor série cômica. É óbvio que Aziz Ansari, de Master of None, tampouco Anthony Anderson, de Black-ish, devem levar esse legado a sério. Cada nome é cada nome e Marshall deixou seus ensinamentos de carro tumba do Instituto Médico Legal à nova guarda de comediantes.

Alberto E. Rodriguez/Getty Images/30.08.2011

“Os mortos ensinam aos vivos”, diz o rabecão aos responsáveis pela produção da sétima temporada de Modern Family, desnecessário dizer que está em sua sétima indicação seguida. Os roteiristas mortos como Marshall ensinam a Steven Levitan e Christopher Lloyd, o roteirista e não o ator, que não se deve entediar o telespectador com a mesma piada embalada e envasada ainda para a fall-season de 2009. No ensinamento de Veep dado no ano passado, veio a mostra de que, definitivamente, os tempos são outros. Da HBO.

Fotos Amazon Video e Netflix/Divulgação

E por novos tempos para a comédia de situações roteirizada de horário nobre entenda-se também abrir espaço para a quebra de paradigmas como fazem Transparent e Unbreakable Kimmy Schmidt. Uma, inteiramente concebido para o serviço de vídeo sob demanda controlado pela loja eletrônica Amazon – exemplo a se seguir por Ricardo Eletro, Ponto Frio, Armazém Paraíba e outros. Outra, pensada inicialmente para a temporada 2014-2015 da NBC, foi sublicenciada à Netflix de House of Cards, graças à cabeça de Tina Fey.

HBO/Divulgação/24.04.2016

Na poesia concreta Bon Marché (nada com obras das Olimpíadas) que se constrói a partir do Google, Facebook, Instagram e outros gigantes do Vale do Silício, Silicon Valley não apresentou coisa nova para sua terceira temporada de indicações. Prende-se aos chavões de roteiro e tem atuações sofríveis – ver mais adiante, se for o caso. Das lições de Garry Marshall, Valley é a sitcom que menos aprendeu ensinamentos para um bom prognóstico de estatuetas. Vai apenas para cumprir tabela. O mestre fica com Deus. Até domingo.

Publicação simultânea com o caderno Notícia da TV do Jornal Meio Norte que circula no domingo (24/7)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Coluna da Semana, Obituário, Premiações, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Assunto da semana: Crônicas de Uma Linda Mulher

  1. Pingback: Prévia do In Memoriam do 68º Primetime Emmy | TV em Análise Críticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s