Dona do Miss Universo, WME/IMG assume o UFC, principal liga de MMA do mundo, e aproxima concurso da Globo


Lucro de Dana White foi 14.285,71% maior que o obtido pelo aliado político Donald Trump na venda da Miss Universe Organization ao empresário judeu Ari Emanuel, aliado de Hillary Clinton e arrecadador de doações de celebridades para a campanha da candidata democrata à Casa Branca

Da redação TV em Análise

Michael Klein/Newspix/REX/Shutterstock/14.11.2015


Negócio está estimado em US$ 4 bilhões

Menos de um ano após ter assumido os ativos da Miss Universe Organization que pertenciam ao empresário e candidato do Partido Republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, 70, o grupo de entretenimento WME/IMG assumiu na segunda-feira (11) o controle acionário do Ultimate Fighting Champhionship (UFC), principal organização de artes marciais mistas do mundo. O negócio, fechado com o presidente da entidade, Dana White, 46, está estimado em US$ 4 bilhões.
De acordo com informações apuradas pelo TV em Análise Críticas, o lucro gerado aos vendedores do UFC é 14.285,71% maior que o que foi gerado a Trump na venda dos concursos Miss Universo, Miss USA e Miss Teen USA, fechada na manhã do dia 14 de setembro, por US$ 28 milhões. A transação foi financiada pela empresa Silver Lake.
No campo político, o antigo e o novo dono do UFC atuam em lados completamente opostos. Enquanto Dana White é eleitor declarado de Trump, Ari Emanuel, 55, é eleitor declarado de Hillary Clinton, 68, candidata do Partido Democrata à Casa Branca. Ele tem ajudado Hilary ao promover eventos de coleta de doações de campanha de celebridades como as cantoras Katy Perry e Beyoncé, a família Kardashian dos realities, esportistas como Ronda Rousey (quadro do UFC), atores como Jane Lynch e Leonardo DiCaprio e produtores como Ruan Murphy e J.J. Abrams.
Na prática, a negociação da WME/IMG para comprar o UFC fez apenas a Miss Universe Organization se aproximar ainda mais da Rede Globo, detentora dos direitos de TV aberta e paga da liga de MMA. Fontes de mercado acreditam que em 2021 a franquia brasileira do Miss Universo saia das mãos do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da empresa de varejo Polishop para ir para a GEO Eventos, empresa de eventos do Grupo Globo, ou para uma das parceiras da Globo na transmissão dfe festivais de música – a agência carioca de publicidade Artplan, responsável pelo Rock in Rio, e o grupo paulista de entretenimento T4F, que detém a exploração do Lollapalooza Brasil. A princípio, a Globo ficaria apenas com os direitos de TV aberta do Miss Universo, mas especula-se que as negociações incluam também direitos de TV fechada, para os eventos da MUO serem transmitidos pelo Multishow. Questões como a transferência dos direitos do concurso Miss Brasil e de seus concursos regionais teriam de ser discutidas com a Band, a Polishop e a agência Ford Models Brasil, principal rival da IMG Models (um dos braços da WME/IMG) no agenciamento e representação de modelos.
A troca de acionistas do UFC ocorre dois dias após a realização do UFC 200, na noite do sábado (9), na T-Mobile Arena, em Las Vegas. No dia 5 de junho, o local recebera um evento da WME/IMG e MUO – o concurso Miss USA 2016. A arena do complexo The Park é candidata a receber o Miss Universo 2016 ao lado da Philippine Arena, em Santa Maria de Bulacán (30 km ao norte de Manila, capital das Filipinas).

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Esportes, Força da Grana, Negócios, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Dona do Miss Universo, WME/IMG assume o UFC, principal liga de MMA do mundo, e aproxima concurso da Globo

  1. Pingback: ‘Cruzem os dedos’, pede Pia Wurtzbach após reunião com presidente filipino por sede do Miss Universo 2016 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: Cinco cidades filipinas disputam sede do Miss Universo 2016 | TV em Análise Críticas

  3. Pingback: Para Donald Trump, denúncias do esquema de suborno no Miss Universo 2012 foram ‘plantadas’ por aliados de Hillary Clinton para tomar-lhe o controle da MUO | TV em Análise Críticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s