As indicações ao 32º Television Critics Association Awards, em detalhes e estatísticas


Antevendo clima do 68º Primetime Emmy, Mr. Robot e American Crime Story: O.J, Simpson lideram quadro, com quatro categorias

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

FX/Divulgação/01.03.2016


Indicação de Courtney B. Vance já pode ser dada como certa

Única premiação prévia ao Primetime Emmy a partir de agora, com a unificação do Critics’ Choice Television Awards com o Critics’ Choice Movie Awards promovida em janeiro último, a 32ª edição do Television Critics Association (TCA) Awards conheceu na manhã da quarta-feira (22) as indicações em suas 10 categorias competitivas. Nas áreas de produção roteirizada, Mr. Robot e The People v. O.J. Simpson: American Crime Story puxam a liderança geral do quadro de indicados. Ambas as produções receberam quatro indicações, numa mostra clara de que vem mais coisa para as indicações do 68º Primetime Emmy, a serem anunciadas no início da tarde (pelo horário de Teresina), no Saban Media Center, em Los Angeles. Embora empatadas com três indicações cada, Crazy Ex-Girlfriend (área de comédia) e The Americans (área de drama) tem muito menos chances de indicação que Master of None e Unreal, que devem emplacar de duas a três indicações técnicas no “Oscar do horário nobre americano”.
Na tropa das produções que amealharam apenas duas indicações, o telefilme All The Way poderá amealhar mais indicações ao Primetime Emmy do que se pensa. Deverá receber em torno de 13 a 15 indicações. Para Better Call Saul, espera-se um mínimo de oito indicações, inclusive para seu protagonista, Bob Odenkirk, 53. Com Kirsten Dunst, 34, encabeçando a pelota de elenco, Fargo deverá oscilar entre oito e 11 indicações. Mas é de Game of Thrones que se deve esperar mais coisa: entre 18 e 23 indicações. Mas nada que possa afetar sua liderança eventual. O resto da história passará a ser contada depois que o TV em Análise Críticas publicar as listas de indicações ao 68º Primetime Emmy, separadas por sindicatos e segmentos, a partir da sexta-feira (15).
Os vencedores de todas as categorias competitivas do 32º TCA Awards serão conhecidos no sábado, 6 de agosto, no Beverly Hilton, em Beverly Hills (região metropolitana de Los Angeles), em cerimônia a ser apresentada pelo ator mexicano Jaime Camil, 42. Abaixo, a lista detalhada de indicados

Reconhecimento individual em drama
Bryan Cranston – All The Way
Rami Malek – Mr. Robot
Bob Odenkirk – Better Call Saul
Sarah Paulson – The People v. O.J. Simpson: American Crime Story
Keri Rusell – The Americans
Courtney B. Vance – The People v. O.J. Simpson: American Crime Story

Reconhecimento individual em comédia
Aziz Ansari – Master of None
Samantha Bee – Full Frontal with Samantha Bee
Rachel Bloom – Crazy Ex-Girlfriend
Aya Cash – You’re The Worst
Julia Louis-Dreyfus – Veep
Constance Wu – Fresh off the Boat

Reconhecimento em jornalismo e informação
CBS Sunday Morning
Full Frontal with Samantha Bee
Jackie Robinson
Last Week Tonight with John Oliver
Real Time with Bill Maher
United Shades of America

Reconhecimento em reality
I Am Cait
The Circus: Inside the Greatest Political Show on Earth
The Great British Baking Show
Making a Murderer
Masterchef Junior
Survivor Cambodia: Second Chance

Reconhecimento em programação jovem
Daniel Tiger’s Neighborhood
Doc McStuffins
Nature Cat
Odd Squad
Sofia The First

Melhor novo programa
Crazy Ex-Girlfriend
Marvel’s Jessica Jones
Master of None
Mr. Robot
Underground
Unreal

Reconhecimento em minissérie, telefilme ou especial
All The Way
Fargo
The Night Manager
The People v. O.J. Simpson: American Crime Story
Roots
Show Me a Hero

Reconhecimento em drama
The Americans
Better Call Saul
Game of Thrones
The Lefovers
Mr. Robot
Unreal

Reconhecimento em comédia
Black-ish
Crazy Ex-Girlfriend
Master of None
Silicon Valley
Veep
You’re the Worst

Prêmio Herança
The Larry Sanders Show
The Mary Tyler Moore Show
Seinfeld
Star Trek
Twin Peaks

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Jornalismo, Minisséries e telefilmes, Premiações, Reality-shows, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s