As submissões na categoria de melhor série dramática do 68º Primetime Emmy


151 produções disputam sete indicações na categoria mais importante do gênero

Da redação TV em Análise

Peter Kramer/NBC/Divulgação


Shades of Blue está entre os 62 dramas inscritos pelas redes abertas

Aberta com uma produção de TV paga – The Affair, da Showtime – a relação de 151 produções inscritas para o 68º Primetime Emmy na categoria de melhor série dramática traz uma alta presença de produções de streaming – só desse segmento, são 16 produções. A maior parte vem do Netflix, casa de House of Cards, Longmire e Orange is the New Black, esta enquadrada nos sindicatos como comédia, e não como drama.
Por outro lado, os canais pagos tem a maior representatividade entre as submissões ao 68º Primetime Emmy de melhor série dramática, com o número redundante 68 produções inscritas nesta categoria. Logo atrás, vem o bloco das seis principais redes abertas americanas: juntas, ABC, CBS, FOX, NBC, PBS e The CW emplacaram 62 submissões. Entre elas estão inclusas produções das franquias NCIS e Chicago e produções novatas como Code Black, Supergirl e Shades of Blue, que estrearam ao longo da temporada 2015-2016, que observou um crescimento de 6,33% na quantidade de submissões de séries dramáticas ao “Oscar do horário nobre” em comparação ao ano passado, quando 142 produções foram inscritas. Abaixo, a lista detalhada de submissões ao 68º Primetime Emmy na categoria de melhor série dramática

The Affair
The Americans
Aquarius
Arrow
The Art of More
Banshee
The Bastard Executioner
Bates Motel
Being Mary Jane
Better Call Saul
Billions
Black Sails
The Blacklist
Blindspot
Bloodline
Blue Bloods
Bones
Bosch
Castle
The Catch
Chicago Fire
Chicago Med
Chicago PD
Code Black
Containment
Colony
Criminal Minds
Criminal Minds: Beuond Borders
Da Vinci’s Demons
Damien
DC’s Legends Of Tomorrow
Downton Abbey
Elementary
Empire
The Expanse
The Family
Fear The Walking Dead
The Flash
The Fosters
From Dusk Till Dawn: The Series
Game of Silence
Game of Thrones
Girlfriends’ Guide to Divorce
The Good Wife
Good Witch
Gotham
Grey’s Anatomy
Grimm
Halt and Catch Fire
Hand of God
Hannibal
Hap and Leonard
Happy Valley
Hawaii Five-0
Heartbeat
Hell on Wheels
Hit the Floor
Homeland
Horace and Pete
Houdini and Doyle
House of Cards
How to Get Away with Murder
Humans
The 100
Hunters
Into the Badlands
iZombie
Killjoys
Kingdom
The Knick
The Last Kingdom
The Last Ship
Law & Order: Special Victims Unit
The Leftovers
Legends
The Librarians
Limitless
Longmire
Lucifer
Madam Secretary
The Magicians
Major Crimes
The Man in the High Castle
Marvel’s Agent Carter
Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D.
Marvel’s Daredevil
Marvel’s Jessica Jones
Masters of Sex
Mercy Street
Minority Report
Mr. Robot
Mr. Selfridge (Masterpiece)
Murder in the First
The Mysteries of Laura
Narcos
Nashville
NCIS
NCIS: Los Angeles
NCIS: New Orleans
Once Upon A Time
Orange is the New Black
The Originals
Orphan Black
Outlander
Outsiders
The Path
Peaky Blinders
Penny Dreadful
Person of Interest
Poldark (Masterpiece)
Power
Pretty Little Liars
Quantico
Ray Donovan
Recovery Road
Rectify
Reign
Rizzoli & Isles
Rogue
Rosewood
Royal Pains
The Royals
Rush Hour
Scandal
Scorpion
Second Chance
Sense8
Shades of Blue
The Shannara Chronicles
Sleepy Hollow
Stitchers
The Strain
Suits
Supergirl
Supernatural
Switched at Birth
Teen Wolf
Turn: Washington’s Spies
12 Monkeys
Tyler Perry’s If Loving You Is Wrong
The Haves and the Have Nots
Tyrant
Underground
Unreal
The Vampire Diaries
Vikings
Vinyl
The Walking Dead
Wayward Pines
When Calls the Heart
The X-Files

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Premiações, Séries e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s