Academia de Televisão volta atrás e libera cédulas de indicação para o 68º Primetime Emmy


Documentos não constavam da relação de downloads oficiais da premiação

Da redação TV em Análise

Television Academy/Divulgação/02.06.2016


Cédulas de indicação cobrem 30 áreas de competição

Poucas horas depois de o TV em Análise Críticas publicar matéria denunciando a retirada das cédulas de submissão da relação de downloads oficiais do 68º Primetime Emmy, a Academia de Televisão recuou na decisão e decidiu, na noite da segunda-feira (13), abrir os links para as cédulas de indicação de boa parte das 113 categorias competitivas da premiação, excetuando-se as categorias do júri e as de determinadas áreas técnicas.
Na relação de links, constam cédulas de indicação nas áreas de animação, direção de arte, direção de elenco, direção de fotografia, comercial, figurino, direção, documentário/programa de não ficção, maquiagem e penteado, apresentador de reality ou reality de competição, programa interativo, desenho de iluminação/direção de iluminação, desenho de título, direção de fotografia em não ficção, direção em não ficção, edição de imagem em não ficção, edição de som em não ficção, mixagem de som em não ficção, roteiro em não ficção, atuação, edição de imagem, programa, direção de fotografia em reality, edição de imagem em reality, edição de som, mixagem de som, coordenação de dublês, efeitos visuais especiais, direção técnica e roteiro.
Com a liberação das cédulas de indicação pela Academia de Televisão, o Críticas inicia nesta quarta-feira (15) pelo quarto ano consecutivo a série de matérias com as submissões ao Primetime Emmy nas 14 categorias mais importantes – série dramática, ator em série dramática, atriz em série dramática, série cômica, ator em série cômica, atriz em série cômica, minissérie, telefilme, ator em minissérie ou telefilme, atriz em minissérie ou telefilme, reality de competição, série de entrevistas, série de esquetes e programa de classe especial. A primeira postagem será sobre as submissões ao 68º Primetime Emmy na área de série dramática. O texto virá logo após esta postagem. Não perca.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Premiações e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s