CBS Studios International apresenta oito novas sérries na L.A. Screenings 2016


Portfólio inclui derivativo de The Good Wife e Bull, de ex-ator de NCIS e doutor Phil

Da redação TV em Análise

David M. Russell/CBS/Divulgação/13.05.2016


Michael Weatherly (centro) em Bull, apresentada pela CBS Studios International na L.A. Screenings 2016 a compradores internacionais

Terceira das sete grandes distribuidoras ligadas a estúdios e única ligada diretamente a uma rede de televisão, a CBS Studios International fez sua participação na 55ª edição da L.A. Scvreenings na tarde deste sábado (21), no Hotel Intercontinental, em Los Angeles, com um catálogo composto de 21 séries, sendo oito delas novas. Das novas produções, duas delas, o derivativo da recém encerrada The Good Wife e a regravação de Star Trek, não são para televisão convencional e sim para serviços de streaming. As outras seis produções novatas são para serem vendidas a emissoras abertas e canais pagos de várias partes do mundo. É o caso de Bull, protagonizada por Michael Weatherly, 47, ex-integrante do elenco de NCIS e produzida pelo psicólogo e apresentador de tevê diurna Phil McGraw, 65. O catálogo detalhado está logo abaixo

NOVAS SÉRIES
Bull (CBS)
Doubt (CBS, mid-season 2017)
Spinoff sem título de The Good Wife (CBS All Access, mid-season 2017)
The Great Indoors (CBS)
MacGyver (CBS)
Man with a Plan (CBS)
No Tomorrow (The CW)
Star Trek (CBS All Access, mid-season 2017)

SÉRIES RENOVADAS
Blue Bloods (CBS)
Crazy Ex-Girlfriend (The CW)
Elementary (CBS)
Hawaii Five-0 (CBS)
Jane the Virgin (The CW)
Madam Secretary (CBS)
NCIS (CBS)
NCIS: Los Angeles (CBS)
NCIS: New Orleans (CBS)
The Odd Couple (CBS)
Reign (The CW, mid-season 2017)
Scorpion (CBS)
Survivor (CBS)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Negócios, Séries e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s