Litoral, Vale do Paraíba e cidades da Grande SP ficam sem candidatas no Miss São Paulo 2016


Seletividade seletiva contemplou principalmente região metropolitana de Campinas, que vem para a disputa com o maior número de candidatas

Da redação TV em Análise

Marcelo Soubhia/Organização Miss Brasil Universo/Divulgação


Vanessa de Araújo Chaves vai representar 2º maio cidade do Estado

A divulgação dos nomes das 30 competidoras ao título de Miss São Paulo 2016, anunciada pela Organização Miss Brasil Universo na manhã desta quinta-feira (5), dois dias após a realização da seletiva estadual para a etapa paulista do Miss Brasil 2016, escancarou uma discriminação escancarada da empresa de varejo Polishop com as cidades do Litoral, Vale do Paraíba e parcela da região da Grande São Paulo. Com o intuito claro de atender aos colégios eleitorais da preferência ideológica do Grupo Bandeirantes, em vias de ter 30% de seu controle acionário vendido para a Turner Broadcasting System International Brasil, a nova “organização” do Miss São Paulo contemplou oito das 30 vagas para candidatas da região metropolpiyana de Campinas, considerado o segundo maior Produto Interno Bruto do Estado, atrás apenas da Grande São Paulo, que vem para o Miss São Paulo 2016 com o mesmo número de candidatas.
Na contramão, cidades importantíssimas como Santos, São José dos Campos, Taubaté, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Mauá e Mogi das Cruzes ficaram sem candidatas para a 65ª edição do concurso de Miss São Paulo, marcada para o sábado (28), no Citibank Hall, palco da zona oeste paulistana que recebeu o Miss Brasil em 2004 e 2015 e o Miss Universo em 2011. De acordo com a Organização Miss Brasil, candidatas de 80 municípios (de 645 possíveis) se inscreveram para a seletiva que definiu as 30 classificadas para cumprir a programação oficial, iniciada na quarta-feira (4), com o ensaio oficial no complexo de estúdios da Polishop. Veja lista detalhada

Cidade Microrregião Mesorregião Candidata
Americana Campinas Campinas Tayná Correia Pereira
Araras Limeira Piracicaba Daiane Nayara Teixeira
Artur Nogueira Mogi-Mirim Campinas Natália Aparecida de Souza
Caconde São João da Boa Vista Campinas Sabrina de Paiva
Campinas Campinas Campinas Vanessa de Araújo Chaves
Diadema São Paulo São Paulo Bruna Rodrigues Oliveira
Divinolândia São João da Boa Vista Campinas Marcela Ribeiro Melo
Ferraz de Vasconcelos Mogi das Cruzes São Paulo Lorena Zamberlan Corona
Franca Franca Ribeirão Preto Bruna Gonçalves
Guarulhos Guarulhos São Paulo Iara Oliveira de Souza
Indaiatuba Campinas Campinas Nathália da Silva Quirino
Itirapina Rio Claro Piracicaba Ana Carolina Silva de Oliveira
Jaboticabal Jaboticabal Ribeirão Preto Giovana Nolasco Giancrecco
Jaú Jaú Bauru Mônica Cristina Rosa
Jundiaí Jundiaí Macro Metropolitana Paulista Caren Cristina Sibikoski
Limeira Limeira Piracicaba Ana Beatriz Camargo
Marília Marília Marília Maria Carolina Belfante
Piracicaba Piracicaba Piracicaba Graciele Di Monaco Nogueira
Poá Mogi das Cruzes São Paulo Hildelane Maria Carvalho
Porto Feliz Sorocaba Macro Metropolitana Paulista Laís Poliana de Carvalho
Presidente Prudente Presidente Prudente Presidente Prudente Bianca Florentino Videira
Promissão Lins Bauru Isabella Lorraine Domingues
Ribeirão Pires São Paulo São Paulo Fernanda Alves dos Santos
Ribeirão Preto Ribeirão Preto Ribeirão Preto Marina Andrade Lemos
Santo André São Paulo São Paulo Nathália Pastoura
São Carlos São Carlos Araraquara Mirela Fernanda Moreira
São Paulo São Paulo São Paulo Marjorie Masiero Bresler
Sumaré Campinas Campinas Alice Silva
Suzano Mogi das Cruzes São Paulo Natália Fabrizzi
Vinhedo Campinas Campinas Verônica Antoniol

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Litoral, Vale do Paraíba e cidades da Grande SP ficam sem candidatas no Miss São Paulo 2016

  1. Pingback: UNE e UBES, que tanto lutam nas ruas e nas escolas pelo mandato legítimo da presidenta Dilma Rousseff, se calam sobre a ausência de meia entrada no Miss São Paulo 2016 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: Depois de quatro alterações de calendário, concursos estaduais do Miss Brasil 2016 começam neste sábado | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s