Possibilidade de cassação de Dilma e Temer pelo TSE pode levar Band a adiar Miss Brasil 2016 para depois das eleições gerais sugeridas por Marina Silva


Líder da Rede Sustentabilidade levantou a hipótese após pedidos de impeachment de vice-presidente terem sido negados por Eduardo Cunha

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Elza Fiuza/Agência Brasil/05.04.2016


A “fadinha da floresta” quer mexer no principal concurso de beleza do país

A defesa da cassação dos mandatos da presidenta Dilma Rousseff, 68, e do vice-presidente da República Michel Temer, 75, sugerida pela líder do partido Rede Sustentabilidade e ex-candidata ao Planalto Marina Silva, 58, pode colocar por água abaixo o plano da Organização Miss Brasil Universo, joint-venture formada pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação, Polishop e WME/IMG, realizar o concurso Miss Brasil 2016 no dia 1º de outubro, véspera do primeiro turno das inicialmente pretendidas eleições municipais. Pela proposta de Marina, ex-senadora pelo Acre, teriam que ser realizadas no dia 2 de outubro novas eleições para presidente, caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) leve a cabo a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME), proposta pelo PSDB.
Caso o TSE aja mais rápido que a Comissão Especial do Impeachment instalada na Câmara dos Deputados no julgamento da AIME do PSDB contra a chapa Dilma-Temer e a Comissão de Ética da mesma casa acelere o processo de cassação do presidente da casa legislativa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), 57, o país corre o risco de ser governado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, 67, como tapa buraco até o pleito sugerido por Marina. Com isso, o cronograma de atividades do Miss Brasil 2016 poderia ser afetado para a Band priorizar a cobertura da pretensa eleição geral. Mas, atenção: o certame serviria como balão de oxigênio entre o fim das campanhas municipais e a tensão do domingo eleitoral. E esse risco, nem Band, Polishop ou a controladora da Miss Universe Organization querem correr. Em Nova York, funcionários próximos da presidenta Paula Shugart já estariam acompanhando com altíssimo grau de preocupação a situação dramática que se desenrola em Brasília. Caso a guerra eleitoral chegue à data inicialmente marcada para o Miss Brasil, há um enorme risco de se adiar o certame para o primeiro sábado após o segundo turno da eleição geral aventada por Marina Silva.
Quem viver, verá.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Nossas Venezuelas, Poderes ocultos, Podres poderes e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Possibilidade de cassação de Dilma e Temer pelo TSE pode levar Band a adiar Miss Brasil 2016 para depois das eleições gerais sugeridas por Marina Silva

  1. Pingback: Mesmo com provável eleição geral por cassação de Dilma e Temer, Band e Polishop mantém data do Miss Brasil 2016 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: Por que o Ministério Público Federal não investiga o negócio obscuro entre a Band e a Polishop envolvendo o tradicional concurso de Miss Brasil? | TV em Análise Críticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s