Depois da definição brasileira superacelerada, coordenação do Miss USA está mais dependente da TV para definição da data do concurso de 2016


Coordenações estaduais estranham silêncio da FOX com o caso

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Miss Universe Organization/Divulgação/12.07.2015


Convenções democrata e republicana devem afetar data do Miss USA 2016

A velocidade de The Flash (da série de TV e dos quadrinhos) que a associação entre a Rede Bandeirantes e a empresa de varejo Polishop imprimiu para fechar o cronograma do Miss Brasil 2016 já começa a assustar os diretores da Miss Universe Organization que não sabem o que fazer para acertar a data e a cidade-sede do concurso Miss USA 2016, que credenciará a representante americana para o concurso Miss Universo 2016. Passados 101 dias da participação de Olivia Jordan no esvaziado concurso Miss Universo 2015, a responsabilidade da WME/IMG em administrar a organização premiada pelo Global Beauties de administrar o principal concurso de beleza do mundo em termos de repercussão e publicidade começa a dar ares de brincadeira irresponsável.
O acordo com a FOX, assinado às pressas no final de outubro do ano passado, parece estar produzindo uma verdadeira azia indigesta aos estômagos dos executivos da Miss Universe Organization que o assinaram. Vai chegar a um ponto de a presidenta Paula Shugart dizer no bochicho do judeu Ari Emanuel: ‘Esse negócio foi uma cagada. Melhor voltarmos para a NBC, onde dávamos mais audiência e ter uma conversinha com o Greenblatt sobre isso”, diria Shugart do alto de seu resmungo calcado na larga experiência de premiações televisionadas como o American Music Awards e o Oscar.
Em todo o território americano, do Alasca ao Wyoming, já é notória a preocupação de coordenadores estaduais com o passo de silêncio da MUO, da FOX e da WME/IMG do Lollapalooza, da Semana de Moda de Nova York, dos rodeios da PBR e da representação de talentos entre atores, apresentadores, diretores, produtores, esportistas e modelos, para cujo ramo há uma agência exclusiva que é a maior do mundo, metendo medo em concorrentes diretas como a Ford, que já participou da produção do Miss Brasil em 2015.
A dependência dramática das boas vontades da FOX pode custar o quanto antes a continuidade da parceria desta emissora com a Miss Universe Organization. Dentro do escritório da Avenida das Américas, em Nova York, ornado de rosa, há mostras de arrependimento profundo entre alguns diretores da entidade, principalmente depois da bordoada que o apresentador Steve Harvey, 59, fez no roteiro tradicional, envergonhando 6 milhões de telespectadores nos Estados Unidos da América do Norte e outros 694 milhões mundo afora, a ponto de gerar piadas assimiladas até pelo próprio Harvey, obrigado a usar seu programa sindicalizado de tevê diurna para fazer um mea culpa diante de sua esposa, de Ariadna Gutiérrez, a colombiana prejudicada, e de Pia Wurtznach, a vencedora que constava do cartão que o analfabeto funcional dos scripts da MUO não leu. Música de adeus já estaria sendo pensada por diretores da MUO para evitar a presença de Harvey no Miss USA 2016, cuja marcação vai depender dos ventos a se soprarem antes das convenções dos dois principais partidos (democrata e Republicano), marcadas para o período de 18 a 28 de julho, das quais a FOX não terá escapatória: terá de cobrir de qualquer jeito. E tal agenda deverá afetar também a marcação de data de outro evento de propriedade da FOX, o Teen Choice Awards.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s