As audiências consolidadas no Rio, São Paulo e Brasília na segunda-feira, 21 de março de 2016


Estreia de Perception na Globo foi vista na madrugada por 4,9 milhões de telespectadores em 15 mercados

Da redação TV em Análise

ABC Studios/Divulgação/06.07.2012


Audiência foi 339% menor que a da novela das nove da mesma emissora

Na Rede Globo, a estreia de Perception em TV aberta registrou médias domiciliares de 7,2 em São Paulo, 7,9 no Rio de Janeiro e 6,9 no Distrito Federal. No Painel Nacional de Televisão referente a esses três mercados, a média foi de 7,3. Na capital federal, cada ponto equivale a 9 mil domicílios. Na Grande São Paulo, a equivalência de cada ponto é de 197.814 telespectadores e 69.417 domicílios. Já na capital fluminense, a equivalência de ponto é de 116.038 telespectadores e 43.346 domicílios.
Se considerados os 15 mercados cobertos pelo PNT (e não apenas Rio, São Paulo e Brasília), a estreia de Perception na Globo terá alcançado 4.994.674 telespectadores e 1.758.467 domicílios. Os dados são da Kantar Ibope Media.
Mais cedo, na mesma emissora, o sétimo capítulo da novela Velho Chico teve média de 32,1 nas três praças verificadas. Se essa média for aplicada aos 15 mercados, a novela terá sido vista nessa noite por 21.962.884 telespectadores em 7.732.440 domicílios. Nesse ponto, a trama de Benedito Ruy Barbosa, 84, terá tido 339,72% a mais de telespectadores que a trama policial/científica/psicológica protagonizada por Eric McCormack, 52, e produzida pela ABC Studios para o canal pago TNT entre 2012 e 2015. No Brasil, Perception foi ao ar anteriormente no canal pago AXN.
Na Rede Record, o maçante programa Xuxa Meneghel registrou média de 6,3 nas três praças citadas nesta matéria. Se considerados os 15 mercados, a ex-rainha dos baixinhos terá tido nesta noite 4.310.472 telespectadores em 1.517.581 domicílios. No SBT, o Programa do Ratinho teve média de 9,7 no eixo Rio-São Paulo-Brasília. Se considerados os 15 mercados, terá alcançado 6.636.759 telespectadores em 2.336.594 domicílios.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Ibopes da vida, Numb3rs, Séries e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s