Filme da Record com oscarizados Russell Crowe e Cate Blanchett afunda carnavais jabá de ACM Neto na Band e SBT


Robin Hood registrou média de 8,3 contra 3,9 do SBT Folia e 1,2 do Band Folia

Da redação TV em Análise

David Appleby/Universal Studios/Divulgação/22.04.2010


Crowe cravou uma flechada na cambada de ACM Neto que quer impedir a venda de refrigerantes e cervejas que não sejam Schin na praia da Barra

A exibição do filme Robin Hood na sessão Super Tela deixou a Rede Record na vice-liderança na noite da sexta-feira (5), de acordo com os dados consolidados da Kantar Ibope referentes à Grande São Paulo. Exibido entre 22h30 e 1h, a produção dirigida por Ridley Scott em 2010 teve média de 8,3. Esse número é superior aos 3,9 pontos registrados pelo SBT Folia e a apenas 1,2 registrado pelo Band Folia. Esses eventos são parte de sucessivos acordos firmados entre o SBT (desde 2010, na gestão de João Henrique Carneiro/PP), a Band (desde 2001, na gestão de Antônio Imbasahy/PFL, atual Democratas) e a Prefeitura de Salvador. Desde a posse do prefeito ACM Neto (DEM), em janeiro de 2013, esses acordos tem sofrido sucessivas continuações.
No sábado (6), a programação da Record impôs outra dura derrota aos estrategistas políticos do SBT e da Band travestidos de foliões do circuito Dodô (Barra-Ondina): o Legendários derrotou as matérias pagas de Carnaval das concorrentes por 6,3 x 3,9 x 0,8. No domingo (7), o SBT optou por não fazer transmissão ao vivo do SBT Folia e relocou a matéria paga para depois do Conexão Repórter. Levou vantagem sobre os cultos da Igreja Universal que tampam a madrugada da Record: 3,6 x 1,4 x 1,2 do Band Folia noturno, que também abriga matérias pagas da Prefeitura do Recife e do Governo do Estado de Pernambuco travestidas de transmissões de shows no Marco Zero.
À parte de Band e SBT, com coberturas bem tímidas, a TV Brasil também cobre o Carnaval de Salvador, só que com uma profundidade maior: graças à TVE Bahia (controlada pelo Governo do Estado), transmite os shows dos circuitos Osmar (Campo Grande-Praça Castro Alves) e Batatinha (Pelourinho). Os dados de audiência das transmissões da TV Brasil para o Carnaval de 2016 não tinham sido repassados pela Kantar Ibope até o fechamento desta reportagem.

NOTA AOS DETRATORES: O TV em Análise Críticas não recebe bolsa financiada pelo PT ou qualquer outro partido político seja ele de direita ou de esquerda. Exerce jornalismo livre e isento para brasileiros livres de verdade, não os “brasileiros livres e de bem” da microcefalia moral instaurada por revoltados on line, Vem Pra Rua, Movimento Brasil Livre, Intervenção Militar Já e outros acrônimos golpistas afins (J.E.L.)

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Cinema, Ibopes da vida, Numb3rs e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s