As indicações ao 66º ACE Eddie Awards nas categorias de televisão e cinema


“Efeito Emmy” leva Game of Thrones e Better Call Saul a repetirem três indicações em sindicato de editores, que realiza premiação na noite desta sexta-feira (29)

Da redação TV em Análise

HBO/Divulgação/04.11.2014


Trabalho de Tim Porter em Hardhome perdeu o Primetime Emmy técnico para Katie Weiland, que editou The Dance of Dragons

Foram anunciadas na manhã da segunda-feira (4) as indicações nas 10 categorias competitivas da 66ª edição do ACE Eddie Awards. Na área de televisão, que compreende a maior parte delas, Game of Thrones e Better Call Saul travam uma disputa interessante nas categorias de edição em série de uma hora para TV não comercial e de edição em série de uma hora para TV comercial. Dos quatro episódios dessas tramas em disputa, apenas Uno, primeiro de Better Call…, não concorreu ao 67º Primetime Emmy. Da disputa do “Oscar do horário nobre” no segmento de edição, Five-0 de Better Call…, editado por Kelley Dixon, Hardhome, de Game…, editado por Tim Porter, e The Dance of Dragons, também de Game…, editado por Katie Welland foram mantidos. Fora isso, apenas Person to Person, que encerrou Mad Men, editado por Tom Wilson, conseguiu repetir a indicação entre as séries dramáticas para o ACE Eddie Awards, que conhece seus vencedores na noite desta sexta-feira (29), no Salão Internacional do Beverly Hilton Hotel, em Beverly Hills (região metropolitana de Los Angeles), em evento black tie para convidados. Entre as séries cômicas, apenas Brian Merken conseguiu repetir a indicação pelo trabalho em Two Days of the Condor, da segunda temporada de Silicon Valley, vencedora dessa área no Primewtime Emmy, agrupada entre séries de meia hora.
Entre os filmes, quatro dos cinco indicados ao 88º Oscar estão presentes na lista do ACE: Margaret Sixel, de Mad Max: Estrada da Fúria (drama), Maryann Brandon e Mary Jo Markey, de Star Wars: O Despertar da Força (drama), Hank Corwin, de A Grande Aposta (comédia) e Stephen Mirrione, de O Regresso (drama). Lista detalhada:

CATEGORIAS DE TELEVISÃO

Edição em série de uma hora para TV comercial
Kelley Dixon, ACE – Better Call Saul (Five-0)
Skip Macdonald, ACE – Better Call Saul (Uno)
Skip Macdonald, ACE e Curtis Thurber – Fargo (Did You Do This? No, You Did It!)
Scott Vickrey, ACE – The Good Wife (Restraint)
Tom Wilson – Mad Men (Person to Person)

Edição em série de uma hora para TV não comercial
Katie Weiland – Game of Thrones (The Dance of Dragons)
Tim Porter – Game of Thrones (Hardhome)
Harvey Rosenstock, ACE – Homeland (The Tradition of Hospitality)
Lisa Bromwell, ACE – House of Cards (Chapter 39)
Mary Ann Bernard – The Knick (Wonderful Surprises)

Edição em série de meia hora para televisão
Nick Paley – Inside Amy Schumer (12 Angry Men)
Brian Merken, ACE – Silicon Valley (Two Days of the Condor)
Gary Dollner – Veep (Election Night)

Edição em minissérie ou telefilme
Brian A. Kates, ACE – Bessie
Maysie Hoy, ACE – Dolly Parton’s Coat of Many Colors
William Turro – Orange is the New Black: Trust No Bitch

Edição em série não roteirizada
Hunter Gross, ACE – Anthony Bourdain: Parts Unknown (Bay Area)
Josh Earl, ACE e Ben Bulatao – Deadliest Catch (Zero Hour)
Eric Driscoll, Nik Jamgocyan, Chris Kirkpatrick, David Michael Maurer, ACE, Greg MacDonald, Marcus Miller e Alexandria Scott – Whale Wars (The Darkest Hour)

Edição em documentário para televisão
Joshua L. Pearson – Keith Richards: Under the Influence
Zac Stuart-Pontier, Richard Hankin, ACE, Caitlyn Greene e Shelby Siegel – The Jinx: The Life and Deaths of Robert Durst (A Body in the Bay)
Chris A. Peterson, ACE – The Seventies (The United States vs. Nixon)

CATEGORIAS DE CINEMA

Edição em filme de drama
Margaret Sixel – Mad Max: Estrada da Fúria
Pietro Scalia, ACE – Perdido em Marte
Stephen Mirrione, ACE – O Regresso
Joe Walker, ACE – Sicario: Terra de Ninguém
Maryann Brandon, ACE e Mary Jo Markey, ACE – Star Wars: O Despertar da Força

Edição em filme de comédia ou musical
Dan Lebental, ACE e Colby Parker, Jr., ACE – Homem-Formiga
Hank Corwin, ACE – A Grande Aposta
Jay Cassidy, ACE, Alan Baumgarten, ACE, Christopher Tellefsen, ACE e Tom Cross, ACE – Joy: O Nome do Sucesso
David Trachtenberg – Eu, Você e a Garota que Vai Morrer
William Kerr, ACE e Paul Zucker – Descompensada

Edição em filme de animação
Garret Elkins – Anomalisa
Kevin Nolting, ACE – Divertida Mente
Stephen Schaffer, ACE – O Bom Dinosauro

Edição em filme documentário
Chris King – Amy
Joe Beshenkovsky e Brett Morgen – Kurt Cobain: Montage of Heck
Andy Grieve – Going Clear: Scientology and the Prison of Belief
Greg Finton, ACE, Brian Johnson e Brad Fuller – Malala
Claire Scanlon – The Wrecking Crew

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Cinema, Minisséries e telefilmes, Premiações, Reality-shows, Séries e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para As indicações ao 66º ACE Eddie Awards nas categorias de televisão e cinema

  1. Pingback: As indicações ao 68º Primetime Emmy nas categorias de edição de imagem | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s