As indicações ao 58º Grammy, em detalhes e estatísticas


Canções de Cinquenta Tons de Cinza, incluindo a de The Weeknd indicada ao Oscar, levam produção a ter seis indicações e liderar área de mídia visual

Da redação TV em Análise
(Atualizado em 29/1/2016 às 11h05)

Josh Brasted/WireImage/Getty Images


Kendrick Lamar é o artista com maior número de indicações (11)

Foram anunciadas na manhã da segunda-feira (7/12), no site da Academia de Gravação, as indicações nas 83 categorias competitivas da 58ª edição do Grammy, principal premiação musical dos Estados Unidos. No computo geral, o artista que mais recebeu indicações foi o rapper Kendrick Lamar, 28, que vai concorrer em 10 categorias, mas vai concorrer a 11 indicações, por atuar como compositor em um dos trabalhos, a canção Alright. Empatados com sete indicações estão os cantores The Weeknd, 25, e Taylor Swift, 26. Duas das indicações de Weeknd vieram de Earned It, já indicada ao Oscar de melhor canção original – a música integra a trilha do filme Cinquenta Tons de Cinza, baseado em livro homônimo da escritora E.L. James, 52.

Christopher Polk/BET/Getty Images


Earned It fez The Weeknd obter três de suas sete indicações

Na área de música country, Chris Stapleton é o artista com maior número de indicações – quatro, incluindo álbum do ano, álbum country e canção country, por Traveller. A mesma quantidade de indicações foi conseguida pela banda Little Big Town, parte delas puxadas pela canção de temática lésbica Girl Crush. Já entre as categorias de rock, a banda Alabama Shakes conseguiu cinco indicações, que podem subir para seis devido ao trabalho de produção desempenhado por Blake Mills, 29, indicado na área de produtor não clássico do ano. A banda inglesa Florence + The Machine conseguiu cinco indicações, sendo duas nas categorias de pop, duas nas categorias de rock e uma nas categorias de empacotamento. Entre as categorias de mídia visual, Earned It ajudou Cinquenta Tons… a obter a liderança geral de produções indicadas ao Grammy – vai concorrer, no final das contas, a seis categorias, somadas as indicações obtida por Love Me Like You Do (vídeo abaixo), cantada pela inglesa Ellie Goulding, 29, e pelo álbum de sua trilha sonora, composto de 16 faixas e duas faixas extras para sua versão de luxo. No Brasil, a ABPD (Associação Brasileira de Produtores de Discos) conferiu certificado de disco de platina duplo à trilha do filme, lançada em 10 de fevereiro de 2015, dentro do período de elegibilidade do Grammy que foi de 1º de outubro de 2014 a 30 de setembro de 2015. Produzida por Danny Elfman, a trilha sonora de Cinquenta Tons… vendeu no país 80 mil cópias físicas e digitais.

Dois brasileiros – o cantor, compositor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil, 73, e a pianista e cantora Eliane Elias, 55, – aparecem entre os indicados nas categorias de melhor álbum de world music e melhor álbum de jazz latino, respectivamente. Os vencedores serão conhecidos em duas cerimônias a serem realizadas na tarde do dia 15 de fevereiro (segunda-feira), em Los Angeles. Na primeira delas, a ser transmitida via streaming, pelo site da própria organização do evento, do Microsoft Theater, serão conhecidos os vencedores das 73 categorias menos importantes – inclusive as que Gil, Eliane Elias, Goulding e The Weeknd concorrem. Na segunda, a ser realizada no Staples Center, com apresentação de LL Cool J pelo quinto ano seguido, esta a ser televisionada no Brasil com exclusividade pelo canal pago TNT a partir das 23h (horário de Brasília, 22h horário de Teresina) e a ter transmissão americana pela CBS realizada pela primeira vez de costa a costa a partir das 17h (horário de Los Angeles, 20h horário da costa leste), serão conhecidos os vencedores das 10 categorias mais importantes, entre elas álbum do ano, gravação do ano, canção do ano e artista revelação. Abaixo, a lista detalhada de indicados:

CATEGORIAS GERAIS

Gravação do Ano
Really Love – D’Angelo e The Vanguard
Uptown Funk – Mark Ronson com Bruno Mars
Thinking Out Loud – Ed Sheeran
Blank Space – Taylor Swift
Can’t Feel My Face – The Weeknd

Álbum do Ano
Sound & Color – Alabama Shakes
To Pimp A Butterfly – Kendrick Lamar
Traveller – Chris Stapleton
1989 – Taylor Swift
Beauty Behind The Madness – The Weeknd

Canção do Ano
Alright – Kendrick Lamar
Blank Space – Taylor Swift
Girl Crush – Little Big Town
See You Again – Wiz Khalifa com Charlie Puth
Thinking Out Loud – Ed Sheeran

Artista revelação
Courtney Barnett
James Bay
Sam Hunt
Tori Kelly
Meghan Trainor

CATEGORIAS DE MÚSICA POP

Melhor performance solo pop
Heartbeat Song – Kelly Clarkson
Love Me Like You Do – Ellie Goulding
Thinking Out Loud – Ed Sheeran
Blank Space – Taylor Swift
Can’t Feel My Face – The Weeknd

Melhor performance de dupla ou grupo pop
Ship To Wreck – Florence + The Machine
Sugar – Maroon 5
Uptown Funk – Mark Ronson com Bruno Mars
Bad Blood – Taylor Swift com Kendrick Lamar
See You Again – Wiz Khalifa com Charlie Puth

Melhor álbum de pop tradicional vocal
The Silver Lining: The Songs Of Jerome Kern – Tony Bennett & Bill Charlap
Shadows In The Night – Bob Dylan
Stages – Josh Groban
No One Ever Tells You – Seth MacFarlane
My Dream Duets – Barry Manilow e vários artistas

Melhor álbum de pop vocal
Piece By Piece – Kelly Clarkson
How Big, How Blue, How Beautiful – Florence + The Machine
Uptown Special – Mark Ronson
1989 – Taylor Swift
Before This World – James Taylor

CATEGORIAS DE DANCE MUSIC/MÚSICA ELETRÔNICA

Melhor gravação de dance music
We’re All We Need – Above & Beyond com Zoë Johnston
Go – The Chemical Brothers com Q-Tip
Never Catch Me – Flying Lotus com Kendrick Lamar
Runaway (U & I) – Galantis
Where Are Ü Now – Skrillex e Diplo com Justin Bieber

Melhor álbum de dance music/música eletrônica
Our Love – Caribou
Born In The Echoes – The Chemical Brothers
Caracal – Disclosure
In Colour – Jamie XX
Skrillex And Diplo Present Jack Ü – Skrillex e Diplo

CATEGORIAS DE MÚSICA INSTRUMENTAL CONTEMPORÂNEA

Melhor álbum de música instrumental contemporânea
Guitar In The Space Age! – Bill Frisell
Love Language – Wouter Kellerman
Afrodeezia – Marcus Miller
Sylva – Snarky Puppy & Metropole Orkest
The Gospel According To Jazz, Chapter IV – Kirk Whalum

CATEGORIAS DE ROCK

Melhor performance de rock
Don’t Wanna Fight – Alabama Shakes
What Kind Of Man – Florence + The Machine
Something From Nothing – Foo Fighters
Ex’s & Oh’s – Elle King
Moaning Lisa Smile – Wolf Alice

Melhor performance de heavy metal
Identity – August Burns Red
Cirice – Ghost
512 – Lamb Of God
Thank You – Sevendust
Custer – Slipknot

Melhor canção de rock
Don’t Wanna Fight – Alabama Shakes
Ex’s & Oh’s – Elle King
Hold Back The River – James Bay
Lydia – Highly Suspect
What Kind Of Man – Florence + The Machine

Melhor álbum de rock
Chaos And The Calm – James Bay
Kintsugi – Death Cab For Cutie
Mister Asylum – Highly Suspect
Drones – Muse
.5: The Gray Chapter – Slipknot

CATEGORIAS DE MÚSICA ALTERNATIVA

Melhor álbum de música alternativa
Sound & Color – Alabama Shakes
Vulnicura – Björk
The Waterfall – My Morning Jacket
Currents – Tame Impala
Star Wars – Wilco

CATEGORIAS DE R&B

Melhor performance de R&B
If I Don’t Have You – Tamar Braxton
Rise Up – Andra Day
Breathing Underwater – Hiatus Kaiyote
Planes – Jeremih com J. Cole
Earned It – The Weeknd

Melhor performance de R&B tradicional
He Is – Faith Evans
Little Ghetto Boy – Lalah Hathaway
Let It Burn – Jazmine Sullivan
Shame – Tyrese
My Favorite Part Of You – Charlie Wilson

Melhor canção de R&B
Coffee – Miguel
Earned It – The Weeknd
Let It Burn – Jazmine Sullivan
Really Love – D’Angelo e The Vanguard
Shame – Tyrese

Melhor álbum urbano contemporâneo
Ego Death – The Internet
You Should Be Here – Kehlani
Blood – Lianne La Havas
Wildheart – Miguel
Beauty Behind the Madness – The Weeknd

Melhor álbum de R&B
Coming Home – Leon Bridges
Black Messiah – D’Angelo e The Vanguard
Cheers to the Fall – Andra Day
Reality Show – Jazmine Sullivan
Forever Charlie – Charlie Wilson

CATEGORIAS DE RAP

Melhor performance de rap
Apparently – J. Cole
Back to Back – Drake
Trap Queen – Fetty Wap
Alright – Kendrick Lamar
Truffle Butter – Nicki Minaj com Drake e Lil Wayne
All Day – Kanye West com Theophilus London, Allan Kingdom e Paul McCartney

Melhor colaboração cantada de rap
One Man Can Change the World – Big Sean com Kanye West e John Legend
Glory – Common e John Legend
Classic Man – Jidenna com Roman GianArthur
These Walls – Kendrick Lamar com Bilal, Anna Wise e Thundercat
Only – Nicki Minaj com Drake, Lil Wayne e Chris Brown

Melhor canção de rap
All Day – Kanye West com Theophilus London, Allan Kingdom e Paul McCartney
Alright – Kendrick Lamar
Energy – Drake
Glory – Common e John Legend
Trap Queen – Fetty Wap

Melhor álbum de rap
2014 Forest Hills Drive – J. Cole
Compton – Dr. Dre
If Youre Reading This Its Too Late – Drake
To Pimp a Buterfly – Kendrick Lamar
The Pinkprint – Nicki Minaj

CATEGORIAS DE MÚSICA COUNTRY

Melhor performance solo country
Burning House – Cam
Traveller – Chris Stapleton
Little Toy Guns – Carrie Underwood
John Cougar, John Deere, John 3:16 – Keith Urban
Chances Are – Lee Ann Womack

Melhor performance de dupla ou grupo country
Stay A Little Longer – Brothers Osborne
If I Needed You – Joey + Rory
The Driver – Charles Kelley, Dierks Bentley e Eric Paslay
Girl Crush – Little Big Town
Lonely Tonight – Blake Shelton com Ashley Monroe

Melhor canção country
Chances Are – Lee Ann Womack
Diamond Rings and Old Barstools – Tim McGraw
Girl Crush – Little Big Town
Hold My Hand – Brandy Clark
Traveller – Chris Stapleton

Melhor álbum country
Montevallo – Sam Hunt
Pain Killer – Little Big Town
The Blade – Ashley Monroe
Pageant Material – Kacey Musgraves
Traveller – Chris Stapleton

CATEGOPRIAS DE NEW AGE

Melhor álbum de new age
Grace – Paul Avgerinos
Bhakti Without Borders – Madi Das
Voyager – Catherine Duc
Love – Peter Kater
Asia Beauty – Ron Korb

CATEGORIAS DE JAZZ

Melhor solo improvisado de jazz
Giant Steps – Joey Alexander
Cherokee – Christian McBride
Arbiters of Evolution – Donny McCaslin
Friend or Foe – Joshua Redman
Past Present – John Scofield

Melhor álbum vocal de jazz
Many a New Day: Karrin Allyson Sings Rodgers & Hammerstein – Karrin Allyson
Find a Heart – Denise Donatelli
Flirting with Disaster – Lorraine Feather
Jamison – Jamison Ross
For One to Love – Cécile McLorin Salvant

Melhor álbum instrumental de jazz
My Favorite Things – Joey Alexander
Breathless – Terence Blanchard com The E-Collective
Covered: Recorded Live At Capitol Studios – Robert Glasper & The Robert Glasper Trio
Beautiful Life – Jimmy Greene
Past Present – John Scofield

Melhor álbum de grande conjunto de jazz
Lines of Color – Gil Evans Project
Köln – Marshall Gilkes & WDR Big Band
Cuba: The Conversation Continues – Arturo O’Farrill & The Afro Latin Jazz Orchestra
The Thompson Fields – Maria Schneider Orchestra
Home Suite Home – Patrick Williams

Melhor álbum de jazz latino
Made in Brazil – Eliane Elias
Impromptu – The Rodriguez Brothers
Suite Camiños – Gonzalo Rubalcaba
Intercambio – Wayne Wallace Latin Jazz Quintet
Identities are Changeable – Miguel Zenón

CATEGORIAS DE MÚSICA GOSPEL/CRISTÃ CONTEMPORÂNEA

Melhor performance ou canção gospel
Worth (Ao Vivo) – Anthony Brown & Group Therapy
Wanna Be Happy? – Kirk Franklin
Intentional – Travis Greene
How Awesome Is Our God (Ao Vivo) – Israel & NewBreed com Yolanda Adams
Worth Fighting For (Ao Vivo) – Brian Courtney Wilson

Melhor performance ou canção cristã contemporânea
Holy Spirit – Francesca Battistelli
Lift Your Head Weary Sinner (Chains) – Crowder
Because He Lives (Amen) – Matt Maher
Soul on Fire – Third Day com All Sons & Daughters
Feel It – Tobymac com Mr. Talkbox

Melhor álbum gospel
Destined to Win (Ao Vivo) – Karen Clark Sheard
Living It – Dorinda Clark-Cole
One Place Live – Tasha Cobbs
Covered: Alive In Asia (Ao Vivo) – Israel & NewBreed
Life Music: Stage Two – Jonathan McReynolds

Melhor álbum de música cristã contemporânea
Whatever the Road – Jason Crabb
How Can It Be – Lauren Daigle
Saints and Sinners – Matt Maher
This is Not a Test – Tobymac
Love Ran Red – Chris Tomlin

Melhor álbum de raízes gospel
Still Rockin’ My Soul – The Fairfield Four
Pray Now – Karen Peck & New River
Directions Home (Songs We Love, Songs You Know) – Point of Grace

CATEGORIAS DE MÚSICA LATINA

Melhor álbum pop latino
Terral – Pablo Alborán
Healer – Alex Cuba
A Quien Quiera Escuchar (Deluxe Edition) – Ricky Martin
Sirope – Alejandro Sanz
Algo Sucede – Julieta Venegas

Melhor álbum de rock urbano ou alternativo latino
Amanecer – Bomba Estereo
Mondongo – La Cuneta Son Machín
Hasta la Raíz – Natalia Lafourcade
Caja de Música – Monsieur Periné
Dale – Pitbull

Melhor álbum regional mexicano (incluindo tejano)
Mi Vicio Mas Grande – Banda El Recodo de Don Cruz Lizarraga
Ya Dime Adiós – La Maquinaria Norteña
Zapateando – Los Cojolites
Realidades (Deluxe Edition) – Los Tigres del Norte
Tradición, Arte y Pasión – Mariachi Los Camperos de Nati Cano

Melhor álbum tropical latino
Tributo a los Compadres: No Quiero Llanto – José Alberto “El Canario” & Septeto Santiaguero
Son de Panamá – Rubén Blades com Roberto Delgado w Orquestra
Presente Continuo – Guaco
Todo Tiene su Hora – Juan Luis Guerra e 4.40
Que Suenen los Tambores – Victor Manuelle

CATEGORIAS DE RAÍZES AMERICANAS

Melhor performance de raízes americanas
And Am I Born to Die – Béla Fleck e Abigail Washburn
Born ro Play Guitar – Buddy Guy
City of Our Lady – The Milk Carton Kids
Julep – Punch Brothers
See That My Grave is Kept Clean – Mavis Staples

Melhor canção de raízes americanas
All Night Long – The Mavericks
The Cost of Living – Don Henley & Merle Haggard
Julep – Punch Brothers
The Traveling Kind – Emmylou Harris & Rodney Crowell
24 Frames – Jason Isbell

Melhor álbum de americana
The Firewatcher’s Daughter – Brandi Carlile
The Traveling Kind – Emmylou Harris & Rodney Crowell
Something More Than Free – Jason Isbell
Mono – The Mavericks
The Phosphorescent Blues – Punch Brothers

Melhor álbum de bluegrass
Pocket Full of Keys – Dale Ann Bradley
Before the Sun Goes Down – Rob Ickes & Trey Hensley
In Session – Doyle Lawson & Quicksilver
Man of Constant Sorrow – Ralph Stanley & Friends
The Muscle Shoals Recordings – The Steeldrivers

Melhor álbum de blues
Descendants of Hill Country – Cedric Burnside Project
Outskirts of Love – Shemekia Copeland
Born to Play Guitar – Buddy Guy
Worthy – Bettye LaVette
Muddy Waters 100 – John Primer e vários artistas

Melhor álbum de folk
Wood, Wire & Words – Norman Blake
Béla Fleck and Abigail Washburn – Béla Fleck & Abigail Washburn
Tomorrow is my Turn – Rhiannon Giddens
Servant of Love – Patty Griffin
Didn’t He Ramble – Glen Hansard

Melhor álbum de raízes regionais
Go Go Juice – Jon Cleary
La La La La – Natalie Ai Kamauu
Kawaiokalena – Keali’i Reichel
Get Ready – The Revelers
Generations – Windwalker & The MCW

CATEGORIAS DE REGGAE

Melhor álbum de reggae
Branches of The Same Tree – Rocky Dawuni
The Cure – Jah Cure
Acousticalevy – Barrington Levy
Zion Awake – Luciano
Strictly Roots – Morgan Heritage

CATEGORIAS DE WORLD MUSIC

Melhor álbum de world music
Gilbertos Samba (Ao Vivo) – Gilberto Gil
Sings – Angelique Kidjo
Music From Inala: A Zulu Ballet – Ladysmith Black Mambazo com Ella Spira e The Inala Ensemble
Home – Anoushka Shankar
I Have No Everything Here – Zomba Proson Project – produzido por Ian Brennan

CATEGORIAS DE MÚSICA INFANTIL

Melhor álbum infantil
¡Come Bien! Eat Right! – José-Luis Orozco
Dark Pie Concerns – Gustafer Yellowgold
Home – Tim Kubart
How Great Can This Day Be – Lori Henriques
Trees – Molly Ledford & Billy Kelly

CATEGORIAS DE PALAVRA FALADA

Melhor álbum de palavra falada (inclui poesia, livros de áudio e narrativa)
Blood On Snow (Jo Nesbo) – Patti Smith
Brief Encounters: Conversations, Magic Moments, and Assorted Hijinks – Dick Cavett
A Full Life: Reflections at Ninety – Jimmy Carter
Patience and Sarah (Isabel Miller) – Janis Ian e Jean Smart
Yes Please – Amy Poehler e vários artistas

CATEGORIAS DE COMÉDIA

Melhor álbum de comédia
Back to the Drawing Board – Lisa Lampanelli
Brooklyn – Wyatt Cenac
Happy. And A Lot. – Jay Mohr
Just Being Honest – Craig Ferguson
Live at Madison Square Garden – Louis C.K.

CATEGORIAS DE TEATRO MUSICAL

Melhor álbum de teatro musical
An American in Paris – Elenco Original da Broadway
Fun Home – Elenco Original da Broadway
Hamilton – Elenco Original da Broadway
The King and I – Elenco da Remontagem 2015 da Broadway
Something Rotten! – Elenco Original da Broadway

CATEGORIAS DE MÚSICA PARA MÍDIA VISUAL

Melhor compilação de trilha sonora para mídia visual
Empire: Season 1 – Vários
50 Tons de Cinza – Vários
Glen Campbell: I’ll Be Me – Vários
A Escolha Perfeita 2 – Vários
Selma – Vários

Melhor trilha original para mídia visual
Antonio Sanchez – Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
Alexandre Desplat – O Jogo da Imitação
Hans Zimmer – Interestelar
Jóhann Jóhannsson – A Teoria de Tudo
Justin Hurwitz – Whiplash – Em Busca da Perfeição

Melhor canção escrita para mídia visual
Earned It – The Weeknd (50 Tons de Cinza)
Glory – Common e John Legend (Selma)
Love Me Like You Do – Ellie Goulding (50 Tons de Cinza)
See You Again – Wiz Khalifa com Charlie Puth (Velozes e Furiosos 7)
Til It Happens to You – Lady Gaga (The Hunting Ground)

CATEGORIAS DE COMPOSIÇÃO

Melhor composição instrumental
The Afro Latin Jazz Suite – Arturo O’Farrill & The Afro Latin Jazz Orchestra com Rudresh Mahanthappa
Civil War – Bob Mintzer Big Band
Confetti Man – Turtle Island Quartet
Neil – University Of North Texas One O’Clock Lab Band
Vesper – Marshall Gilkes & WDR Big Band

CATEGORIAS DE ARRANJO

Melhor arranjo instrumental ou a capella
Bruno Mars – Vocally Challenged
Dance of the Sugar Plum Fairy – Pentatonix
Do You Hear What I Hear? – Committed
Ghost of a Chance – Bob James & Nathan East
You and the Night and the Music – John Fedchock New York Big Band

Melhor arranjo instrumental e vocal
Be My Muse – Lorraine Feather
52nd & Broadway – Patrick Williams com Patti Austin
Garota de Ipanema – Catina DeLuna com Otmaro Ruiz
Sue (Or in a Season of Crime) – David Bowie (póstumo)
When I Come Home – Jimmy Greene com Javier Colon

CATEGORIAS DE EMPACOTAMENTO

Melhor pacote de gravação
Alagoas – Alagoas – direção de arte: Alex Trochut
Bush – Snoop Dogg – direção de arte: Anita Marisa Boriboon e Phi Hollinger
How Big, How Blue, How Beautiful (Deluxe Edition) – Florence + The Machine – direção de arte: Brian Roettinger
My Happiness – Elvis Presley (póstumo) – direção de arte: Nathanio Strimpopulos e Jack White
Still the King: Celebrating the Music of Bob Wills and his Texas Playboys – Asleep At The Wheel – direção de arte: Sarah Dodds, Shauna Dodds e Dick Reeves

Melhor box ou pacote de edição limitada especial
Beneath The Skin (Deluxe Box Set) – Of Monsters And Men – direção de arte: Leif Podhajsky
I Love You, Honeybear (Limited Edition Deluxe Vinyl) – Father John Misty – direção de arte: Sasha Barr e Josh Tillman
The Rise & Fall Of Paramount Records, Volume Two (1928-32) – Vários – direção de arte: Susan Archie, Dean Blackwood e Jack White
Sticky Fingers (Super Deluxe Edition) – The Rolling Stones – direção de arte: Stephen Kennedy e James Tilley
30 Trips Around the Sun – Grateful Dead – direção de arte: Doran Tyson e Steve Vance
What A Terrible World, What A Beautiful World (Deluxe Box Set) – The Decemberists – direção de arte: Carson Ellis, Jeri Heiden e Glen Nakasako

CATEGORIAS DE ANOTAÇÕES MUSICAIS

Melhores notas de álbum
Folksongs Of Another America: Field Recordings From The Upper Midwest, 1937-1946 – Vários – anotador: James P. Leary
Lead Belly: The Smithsonian Folkways Collection – Lead Belly – anotador: Jeff Place
Love Has Many Faces: A Quartet, A Ballet, Waiting to be Danced – Joni Mitchell (também anotadora)
Portrait of an American Singer – Tennessee Ernie Ford – anotador: Ted Olson
Songs of the Night: Dance Recordings, 1916-1925 – Joseph C. Smith’s Orchestra – anotador: Ryan Barna

CATEGORIAS DE HISTÓRIA MUSICAL

Melhor álbum histórico
The Basement Tapes Complete: The Bootleg Series Vol. 11 – Bob Dylan And The Band
The Complete Concert By The Sea – Erroll Garner (póstumo)
Native North America (Vol. 1): Aboriginal Folk, Rock, and Country 1966–1985 – Vários
Parchman Farm: Photographs And Field Recordings, 1947–1959 – Vários
Songs My Mother Taught Me – Fannie Lou Hamer (póstumo)

CATEGORIAS DE ENGENHARIA DE ÁLBUM

Melhor engenharia de álbum não clássico
Before This World – James Taylor
Currency of Man – Melody Gardot
Recreational Love – The Bird and the Bee
Sound & Color – Alabama Shakes
Wallflower – Diana Hrall

Melhor engenharia de álbum clássico
Ask Your Mama – George Manahan e San Francisco Ballet Orchestra
Dutilleux: Métaboles; L’Arbre des Songes; Symphony No. 2, ‘Le Double’ – Ludovic Morlot, Augustin Hadelich & Seattle Symphony
Monteverdi: Il Ritorno D’Ulisse in Patria – Martin Pearlman, Jennifer Rivera, Fernando Guimarães e Boston Baroque
Rachmaninoff: All-Night Vigil – Charles Bruffy, Phoenix Chorale e Kansas City Chorale
Saint-Saëns: Symphony No. 3, ‘Organ’ – Michael Stern e Kansas City Symphony

CATEGORIAS DE PRODUÇÃO

Produtor não clássico do ano
Jeff Bhasker
Dave Cobb
Diplo
Larry Klein
Blake Mills

Produtor clássico do ano
Blanton Alspaugh
Manfred Eicher
Marina A. Ledin e Victor Ledin
Dan Merceruio
Judith Sherman

CATEGORIAS DE REMIXAGEM

Melhor gravação não clássica remixada
Berlin By Overnight (CFCF Remix) – Daniel Hope – remixador: CFCF
Hold On (Fatum Remix) – JES, Shant, & Clint Maximus – remixadores: Bill Hamel e Chad Newbold
Runaway (U & I) (Kaskade Remix) – Galantis – remixador: Ryan Raddon
Say My Name (RAC Remix) – Odesza com Zyra – remixador: André Allen Anjos
Uptown Funk (Dave Audé Remix) – Mark Ronson com Bruno Mars – remixador: Dave Audé

CATEGORIAS DE SURROUND SOUND

Melhor álbum surround sound
Amdahl: Astrognosia & Aesop – Ingar Heine Bergby e Norwegian Radio Orchestra
Amused to Death – Roger Waters
Magnificat – Øyvind Gimse, Anita Brevik, Nidarosdomens Jentekor e Trondheimsolistene
Shostakovich: Symphony No. 7 – Paavo Järvi & Russian National Orchestra
Spes – Tove Ramlo-Ystad e Cantus

CATEGORIAS DE MÚSICA CLÁSSICA

Melhor performance orquestral
Bruckner: Symphony No. 4 – Pittsburgh Symphony Orchestra = regente: Manfred Honeck
Dutilleux: Métaboles; L’Arbre des Songes; Symphony No. 2, ‘Le Double’ – Seattle Symphony – regente: Ludovic Morlot
Shostakovich: Under Stalin’s Shadow – Symphony No. 10 – Boston Symphony Orchestra – regente: Andris Nelsons
Spirit of the American Range – The Oregon Symphony – regente: Carlos Kalmar
Zhou Long & Chen Yi: Symphony ‘Humen 1839’ – New Zealand Symphony Orchestra – regente: Darrell Ang

Melhor gravação de ópera
Janáček: Jenůfa – Orquestra e Coro da The Deutsche Oper Berlin
Monteverdi: Il Ritorno D’Ulisse in Patria – Boston Baroque
Mozart: Die Entführung Aus Dem Serail – Chamber Orchestra Of Europe
Ravel: L’Enfant Et Les Sortilèges; Shéhérazade – Saito Kinen Orchestra, Coral SKF Matsumoto e Coral Infantil SKF Matsumoto
Steffani: Niobe, Regina di Tebe – Boston Early Music Festival Orchestra

Melhor performance de coral
Beethoven: Missa Solemnis – regente: Bernard Haitink, mestre de coral: Peter Dijkstra
Monteverdi: Vespers of 1610 – regente: Harry Christophers
Pablo Neruda – The Poet Sings – regente: Craig Hella Johnson
Paulus: Far in the Heavens – regente: Eric Holtan
Rachmaninoff: All-Night Vigil – regente: Charles Bruffy

Melhor performance de pequeno conjunto de música de câmara
Brahms: The Piano Trios – Tanja Tetzlaff, Christian Tetzlaff e Lars Vogt
Filament – Eighth Blackbird
Flaherty: Airdancing For Toy Piano, Piano & Electronics – Nadia Shpachenko e Genevieve Feiwen Lee
Render – Brad Wells e Roomful Of Teeth
Shostakovich: Piano Quintet & String Quartet No. 2 – Takács Quartet e Marc-André Hamelin

Melhor solo instrumental clássico
Dutilleux: Violin Concerto, L’Arbre Des Songes – Augustin Hadelich
Grieg & Moszkowski: Piano Concertos – Joseph Moog
Mozart: Keyboard Music, Vol. 7 – Kristian Bezuidenhout
Rachmaninov Variations – Daniil Trifonov
Rzewski: The People United Will Never Be Defeated! – Ursula Oppens

Melhor solo vocal clássico
Beethoven: An Die Ferne Geliebte; Haydn: English Songs; Mozart: Masonic Cantata – Mark Padmore e Kristian Bezuidenhout
Joyce & Tony – Live From Wigmore Hall – Joyce DiDonato e Antonio Pappano
Nessun Dorma – The Puccini Album – Jonas Kaufmann
Rouse: Seeing; Kabir Padavali – Talise Trevigne
St. Petersburg – Cecilia Bartoli

Melhor compêndio clássico
As Dreams Fall Apart – The Golden Age Of Jewish Stage And Film Music (1925-1955)
Ask Your Mama
Handel: L’Allegro, Il Penseroso Ed Il Moderato, 1740
Paulus: Three Places Of Enlightenment; Veil Of Tears & Grand Concerto
Woman at the New Piano

Melhor composição clássica contemporânea
Barry: The Importance of Being Earnest – Gerald Barry
Norman: Play – Andrew Norman
Paulus: Prayers & Remembrances – Stephen Paulus
Tower: Stroke – Joan Tower
Wolfe: Anthracite Fields – Julia Wolfe

CATEGORIAS DE VÍDEO OU FILME MUSICAL

Melhor vídeo musical
LSD – ASAP Rocky – direção: Dexter Navy
I Feel Love (Every Million Miles) – The Dead Weather – direção: Cooper Roberts e Ian Schwartz
Alright – Kendrick Lamar – direção: The Little Homies e Colin Tilley
Bad Blood – Taylor Swift com Kendrick Lamar – direção: Joseph Kahn
Freedom – Pharrell Williams – direção: Paul Hunter

Melhor filme musical
Mr. Dynamite: The Rise Of James Brown – James Brown – direção: Alex Gibney
Sonic Highways – Foo Fighters – direção: Dave Grohl
What Happened, Miss Simone? – Nina Simone – direção: Liz Garbus
The Wall – Roger Waters – direção: Sean Evans e Roger Waters
Amy – Amy Winehouse – direção: Asif Kapadia

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Eventos, Premiações e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para As indicações ao 58º Grammy, em detalhes e estatísticas

  1. Pingback: As indicações ao 51º Academy of Country Music Awards, em detalhes e estatísticas | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s