‘Carta aberta’ da modelo Kendall Jenner ao ‘jornalista’ Lauro Jardim Botânico, do jornal carioca O Globo


Com as digitais do (ainda) presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha

Do Brasil 247 e Twitter
(Atualizado em 28/12/2015 às 11h33)

Reprodução/Instagram (via O Globo)


O “patrimônio” da foto é de outra moça

Bom dia a todos. Lamentável o que esse colunista pilantra de O Globo faz. Mente, dá barriga, insiste na mentira, etc.
Foi demitido da Veja por várias barrigas e por funcionar como assessor de imprensa de um ex-chefe da Casa Civil.
Foi contratado pelo Globo com salário elevado para padrão imprensa, no mesmo momento que bons profissionais foram demitidos por corte.
Começou com uma barriga histórica, com manchete de primeira página e reprodução em massa sobre o filho do Lula.
O jornal teve que desmentir com uma chamada discreta sem reprodução na TV.
Esse pilantra tem um pilantrinha assistente que faz bullying em cima dos meus filhos o tempo todo, tentando confirmar mentiras toda semana.
Não satisfeito publica ontem online que eu embarquei com a família para Cuba e eu estou no RJ.
As 19 horas muda o post para eu embarco a família para Cuba diante da evidente mentira.
É bom que ele saiba que a maior parte da minha família está no Rio comigo.
E ainda para constranger publica uma foto divulgada publicamente por uma modelo internacional como sendo da minha filha.
Tive que pedir aos meus filhos que fechem as suas redes sociais pela exploração de picaretas como ele.
É só ver a coluna de hj, onde eu e minha família ocupamos quase a metade do espaço para verem a fixação que esse pilantra tem por mim.
No futuro assistiremos as organizações Globo, a exemplo do que já fez com a ditadura militar, pedirem desculpas por apoiarem o PT.
Todos dias assistimos o JN com matérias longas de apoio à presidente e matérias longas tentando me colocar como vilão do país, como se eu fosse o chefe do governo que assaltou a Petrobras.
Certamente isso terá um preço sobre a credibilidade desse órgão de imprensa e o povo não é bobo.
Bom domingo para todos, inclusive para meus detratores.

Ass. Deputado Federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

NOTA DA REDAÇÃO DO CRÍTICAS: Aguarda-se uma manifestação pública da srta. Kendall Jenner acerca da molecagem jornalística praticada pelo senhor Lauro Jardim e seu séquito de mentirosos, cujos salários são pagos por O Globo. Até o fechamento do post, a idiotice de L.J.B. ainda estava no blog desse elemento no jornal – ver link

Reprodução/Instagram (via Folha)


Postagem saiu no perfil de Gabi Cunha, filha do deputado

Russell James/Vogue Brasil/Divulgação


A dona do “buzanfan” roubado pela filha de Cunha é essa aí

Para o conceito empregado no título para o “pilantra” de O Globo, ver nota de Rodrigo Vianna, jornalista da Rede Record e blogueiro progressista, publicada no Escrevinhador em 15 de março de 2013:

Lauro Jardim, o colunista da Veja, talvez precise mudar de nome. Lauro adora fazer tabelinha com o Jardim Botânico. E vice-versa. Comemora as vitórias de Kamel como se fossem dele, Lauro. Admiração profissional? Amizade genuína? Carinho entre amigos?
O editor (e blogueiro) Marco Aurelio Mello foi condenado por “não ouvir outro lado” (o juiz virou professor de jornalismo?). E o Lauro ouviu alguém no texto dele? Não. Deu a entender que Aurélio criticou Kamel como vingança porque foi demitido em 2006. Ou seja: Lauro Jardim (Botânico?) comprou a versão de Kamel, sem explicar o começo da história.
Por que Kamel demitiu Aurélio e outros na Globo em 2006? Seria porque Aurélio e outros jornalistas não assinaram o abaixo-assinado que a Globo fez circular na Redação para defender a (horrorosa) cobertura eleitoral comandada por Kamel? Disso, Lauro Jardim (Botânico?) não quer saber.
Deixe estar, Aurélio: o mundo gira, e a Luzitana roda.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Ética jornalística, Cult, Poderes ocultos, Podres poderes e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s