Band fecha duração do Miss Brasil 2015 em duas horas e meia. Mesmo assim, tragédia de audiência não pode ser evitada


Concurso vai começar às 21h30 nos Estados do Nordeste, onde não vigora o horário de verão e concorrência com antepenúltimo capítulo do fenômeno Os Dez Mandamentos será inevitável

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Lucas Isnael/Band/Anna Carolina Lementy/Divulgação


Nas mãos de João Appolinário está a crônica do Êxodo e do apocalipse

Foi liberada na manhã deste domingo (15) a grade a ser adotada pela Rede Bandeirantes na quarta-feira do concurso Miss Brasil 2015, 19 de novembro. Pelo planejamento, o certame terá um pré-show de 15 minutos logo após o culto do Show da Fé, às 22h15. Para a Rede Fuso, no entanto, ainda não foi decidido se a transmissão do concurso seguirá o ao vivo do sinal dos Estados com horário brasileiro de verão. No entanto, o TV em Análise Críticas apurou junto a fontes da própria Band que a programação do concurso começará às 21h15 em capitais como Fortaleza, Recife, Salvador e Belém, únicos mercados desta região e também da região Norte auditadas pelo Ibope pelo sistema de peoplemeters. Em Manaus, o concurso começará às 20h15, obedecendo ao fuso horário local.
O concurso em si começará às 21h30 nas cidades que não adotarem o horário de verão no Nordeste e nos Estados do Amapá, Pará e Tocantins, mais Mato Grosso e Mato Grosso do Sul (que atendem ao horário de verão), 20h30 no Amazonas, Roraima e Rondônia e 19h30 no Acre e porção sudoeste do Amazonas. Para a região Nordeste e parte do Norte, o concurso terá a dura missão e o dissabor de, em sua primeira meia hora, concorrer com o antepenúltimo capítulo da novela bíblica Os Dez Mandamentos, principal fenômeno da dramaturgia da Rede Record desde sua retomada, em 1997. Por fora, também estará concorrendo no período com A Regra do Jogo (Globo) e Okay Pessoal (SBT), em versão especial para as áreas não atendidas pelo horário de verão. Entre 22h e 23h30, o concurso terá como concorrentes The Voice Brasil (Globo), Jornal da Record, Batalha dos Confeiteiros Brasil (Record), Roda a Roda Jequiti e Programa do Ratinho (SBT). Neste último caso, é possível que o Miss Brasil ultrapasse os programas da tevê de Sílvio Santos e entre em terceiro lugar. No entanto, deve pesar contra o alto desinteresse de público em concursos de beleza nessas regiões. Em Fortaleza, por exemplo, o agravante estará na emissora que exibirá o certame – a NordesTV no lugar da TV Jangadeiro, que trocou a afiliação do SBT em agosto último com a emissora satélite. Quando os concursos de misses passavam na Jangadeiro, costumavam registrar entre 5 e 6 pontos de média. Com a baixíssima penetração da NordesTV na capital cearense, é provável que esses números desabem para a casa dos 2 pontos.
Previsto para terminar à 0h nos Estados que não adotam o horário de verão, o concurso Miss Brasil 2015 deverá enfrentar também a concorrência do reality rural A Fazenda, que no Nordeste e parte do Norte obedece à Rede Fuso adotada pela Record. Para eventos especiais como o Miss Brasil, Miss Universo e transmissões de futebol, a Band não adota Rede Fuso, para não prejudicar o interesse do público nas transmissões ao vivo. No entanto, tal exceção não é aberta para os eventos de MMA do Jungle Fight, que obedecem ao delay. Em mercados mais importantes como São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, que obedecem ao horário de verão, a concorrência será com The Voice Brasil, Jornal da Globo, parte do Programa do Jô (Globo), Batalha dos Confeiteiros Brasil, A Fazenda, Câmera Record (Record), Programa do Ratinho e parte do The Noite com Danilo Gentili (SBT). Dada à saturação do público com o Miss Brasil, é provável que o certame ensaie uma reação tímida na concorrência com os jornalísticos da Globo e da Record, mas tem que passar por um importante componente: a atração que o ex-contratado da Band Danilo Gentili vier a apresentar como convidada de seu The Noite. Na ocasião que recebeu a atriz/cantora mexicana Lucero Hogaza, o programa de Gentili “asfixiou” a Band na disputa de audiência na Grande São Paulo, jogando sua antiga empregadora na quarta colocação. Como se sabe, Gentili ainda deve à Band o pagamento de uma multa milionária de rescisão contratual. O caso já parou na Justiça do Trabalho, com ganho de causa favorável à Band. Não cabe mais recurso.

Prova do Fazendeiro será fatal para Ibope do Miss 2015

Noves fora a novela bíblica para o Nordeste, um ponto comum deve assustar ainda mais a Band no seu ímpeto de angariar mais audiência para o concurso Miss Brasil na sua edição de 2015. Trata-se de A Fazenda que, pela sua dinâmica de trabalho, reserva a quarta-feira para a realização da Prova do Fazendeiro, a que reserva melhor audiência para o reality rural da Record. Sem o futebol da Globo e da Band, remarcado para a quinta-feira (19), data originalmente anunciada para o Miss Brasil 2015, a tendência é que este reality venha a perder pontos na disputa com o Miss Brasil 2015. Também pode ficar no prejuízo na Grande São Paulo o Programa do Ratinho. Mas outro componente poderá soterrar o plano da Polishop, nova proprietária, de agregar mais público para o certame. A depender da pauta a ser adotada pelo Câmera Record, o plano do empresário João Appolinário pode ir por água abaixo. A contratação de nomes como o da modelo Mariana Weickert, de A Liga, e do ator Cássio Reis terá sido em vão. Cachês terão sido perdidos logo que a mensuração do Ibope para os 15 mercados que audita sair na semana seguinte.

Duração será praticamente a mesma do Miss Universo

De acordo com a grade apresentada pela Band, o Miss Brasil 2015, a ser realizado no Citibank Hall, em São Paulo, terá duas horas e meia de duração – mesmo tempo usado no Miss Brasil 2004, realizado no mesmo local. Em tese, a Band em conjunto com a Polishop tentam colocar o Miss Brasil no mesmo patamar de duração do Miss Universo, adotado desde o concurso de 2014, realizado em janeiro último, em Miami. À ocasião, o concurso internacional, gerado pela NBC para 213 países e territórios, teve três horas de duração (incluindo os intervalos comerciais).
No entanto, tal duração não irá adiante: pela grade da Band, o concurso terminará à 1h, pelo horário brasileiro de verão. Será seguido pelo Jornal da Noite, que vai trazer a repercussão do resultado do certame. A vencedora embarca para Las Vegas entre os dias 29 e 30 deste mês, para se juntar a cerca de 84 candidatas nacionais que participarão do Miss Universo 2015. A disputa internacional está marcada para o domingo, 19 de dezembro, no Planet Hollywood Resort & Casino, no teatro The AXIS.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Programação, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Band fecha duração do Miss Brasil 2015 em duas horas e meia. Mesmo assim, tragédia de audiência não pode ser evitada

  1. Pingback: Eleição de gaúcha Marthina Brandt como Miss Brasil 2015 dá à Band a segunda pior audiência da história do concurso | TV em Análise Críticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s