Estreia mais vista da segunda semana da fall-season 2015 para as redes abertas americanas, Code Black é prejudicada por reprises de canais pagos e South Park


Sexta colocada após duas semanas de estreias, trama médica de criador de Intelligence pode se salvar com índices de gravação três dias após sua exibição

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Neil Jacobs/CBS/Divulgação/30.09.2015


Piloto de trama protagonizada por Marcia Gay Harden teve 34% a mais de telespectadores nas gravações em relação ao registrado na estreia

Não fossem uma reprise de The Big Bang Theory (TBS, 2,231 milhões de telespectadores e média de 0,9 entre os telespectadores na faixa de 18 a 49 anos) e o terceiro episódio inédito da 19ª temporada de South Park (Comedy Central, 1,328 milhão de telespectadores e média de 0,8 na faixa 18-49), Code Black teria números significativos registrados em sua estreia na faixa das 22h, na noite da quarta-feira (30), na CBS. Teria, mas não teve: com 8,541 milhões de telespectadores e média de 1,6 ponto entre os telespectadores do público chave para agências e anunciantes, o drama médico protagonizado por Marcia Gay Harden (Trophy Wife) e Raza Jaffrey (Smash) e criado por Michael Seitzman (Intellegence) decepcionou quem esperava uma estreia “avassaladora”, “arrasa quarteirão”, dentre outros adjetivos. Com o erro primário de ter sido programada para a segunda semana de estreias da fall-season 2015 para as redes abertas americanas, Code Black começou represada em termos de público por produções de baixa representatividade na TV paga. Um episódio reprisado de TBBT às 22h30 (TBS, 2,299 milhões de telespectadores e média de 0,9 na faixa 18-49) contribuiu para aumentar o represamento de público dos canais pagos para impedir que Code Black tivesse uma audiência maior. E foi o que acabou acontecendo: a crônica de uma tragédia anunciada.
A interdição de público que Code Black sofreu por parte de alguns canais pagos em sua noite de estreia, no entanto, não pode ser traduzida para sua taxa de gravações até três dias após sua exibição original. De acordo com dados da Nielsen Media Company, a trama internacionalmente distribuída pela Disney Media Distribution (devido à co-produção entre a ABC Studios e a CBS Television Studios) teve 11,47 milhões de telespectadores e média de 2,3 na faixa de 18 a 49 anos, o que representa crescimentos de 34% (2,89 milhões de telespectadores) e 53% (0,8 a mais na média), respectivamente. Essa, talvez, possa ser a tábua de salvação para a trama conseguir uma temporada completa, entre 20 e 22 episódios. Com exibição no Brasil iniciada na noite desta quarta-feira (7) pelo canal pago Sony, a estreia de Code Black e a sexta mais vista entre as novas séries de TV aberta para a primeira parte da fall-season 2015. Sem considerar o episódio final de CSI, a trama ocuparia a quinta colocação, mas a coisa não é assim. Na comparação com a tabela divulgada na semana passada, Rosewood e Quantico caíram uma posição entre as estreias mais vistas de TV aberta da fall-season 2015 (considerando-se apenas as estreias de novas séries e excluindo-se as estreias de temporadas de séries renovadas). Dr. Ken e Blood & Oil (ambas da ABC) fecham o ranking das 10 estreias mais vistas de novas séries. Na tabela abaixo, o ranqueamento das estreias da segunda semana:

O RANKING DE ESTREIAS – FALL-SEASON 2015 – SEMANA 2
Posição Programa Emissora Data de estreia Telespectadores (em milhões) Média/Share (18-49)
1 Code Black CBS 30/9/2015 8,541 1,6/5
2 Dr. Ken ABC 2/10/2015 6,674 1,4/6
3 Grandfathered FOX 29/9/2015 5,280 1,5/5
4 The Grinder FOX 29/9/2015 4,933 1,5/5
Fonte: Nielsen Media Company

Abaixo, o ranking detalhado de audiência das estreias das novas séries de TV aberta da fall-season americana 2015 após as duas primeiras semanas:

O RANKING DE ESTREIAS – FALL-SEASON 2015 – QUADRO GERAL – SEMANAS 1 E 2
Posição Programa Emissora Data de estreia Telespectadores (em milhões) Média/Share (18-49)
1 CSI – episódio final CBS 27/9/2015 12,116 1,8/5
2 Life in Pieces CBS 21/9/2015 11,52 2,7/9
3 Blindspot NBC 21/9/2015 10,60 3,1/10
4 Limitless CBS 22/9/2015 9,80 1,8/6
5 The Muppets ABC 22/9/2015 8,91 2,8/10
6 Code Black CBS 30/9/2015 8,541 1,6/5
7 Rosewood FOX 23/9/2015 7,36 2,4/9
8 Quantico ABC 27/9/2015 6,994 1,8/6
9 Dr. Ken ABC 2/10/2015 6,674 1,4/6
10 Blood & Oil ABC 27/9/2015 6,318 1,4/4
11 Heroes: Reborn NBC 24/9/2015 6,03 1,9/6
12 Grandfathered FOX 29/9/2015 5,280 1,5/5
13 The Grinder FOX 29/9/2015 4,933 1,5/5
14 The Player NBC 24/9/2015 4,85 1,2/4
15 Scream Queens FOX 22/9/2015 4,00 1,7/5
16 Minority Report FOX 21/9/2015 3,09 1,1/3
Fonte: Nielsen Media Company
Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Ibopes da vida, Numb3rs, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Estreia mais vista da segunda semana da fall-season 2015 para as redes abertas americanas, Code Black é prejudicada por reprises de canais pagos e South Park

  1. Pingback: Única novidade da The CW, Crazy Ex-Girlfriend registra a pior audiência entre estreias de TV aberta para a fall-season 2015 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s