A audiência diurna da Grande São Paulo, no domingo, 13 de setembro de 2015, fez mal a Bad Hair Day


Geraldo Luís derrota submissão do Disney Channel ao 67º Primetime Emmy de melhor telefilme, cuja exibição em TV aberta foi assegurada pelo SBT

Da redação TV em Análise

Ian Thijs/Disney Channel/Divulgação/13.02.2015


O desespero da atriz Laura Marano é evidente

Nos dados consolidados do Ibope para a Grande São Paulo (principal praça de decisões para o mercado publicitário brasileiro), o Domingo Show, da Rede Record, impôs uma humilhante derrota a Bad Hair Day, telefilme programado pelo SBT como parte do projeto Mundo Disney, fruto de um acordo da rede de Sílvio Santos e a Disney Media Distribution assinado em agosto último. O programa de auditório de Geraldo Luís (levado ao ar das 11h às 15h35) venceu, na média, o telefilme por 9,2 (1,8 milhão de telespectadores) a 6,7 (1,3 milhão), além de derrotar o Domingo Legal de Celso Portioli, que fechou na faixa de 12h45 às 15h com média de 7,8 (1,5 milhão).
No geral, a Record fechou o dia na vice-liderança, com média de 8,8 (1,7 milhão) contra 7,4 (1,4 milhão) do SBT, cujo único sopro positivo de audiência ocorreu no Programa Sílvio Santos, que teve média de 10,2.
Na capital paulista, cada ponto equivale a 67.112 domicílios e 196.541 indivíduos.
Para o 67º Primetime Emmy, Bad Hair Day chegou a ser submetida na categoria de melhor telefilme, mas não foi indicado. Por estratégia dos organizadores, o vencedor desta categoria, Bessie, foi anunciado na cerimônia técnica realizada na noite deste sábado (12), no Microsoft Theatre, em Los Angeles. Sua protagonista, Laura Marano, também chegou a ser inscrita na categoria de melhor atriz em minissérie ou telefilme, mas também acabou descartada do quadro de indicadas.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Ibopes da vida, Minisséries e telefilmes, Numb3rs, Variedades e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s