Assunto da semana: As subtrações a se fazer


Número de indicações ao 67º Primetime Emmy começa a afunilar

HBO/Divulgação/04.11.2014

Da turba inicial de indicações anunciada no dia 16 de julho para os programas líderes, a 67ª edição do Primetime Emmy, após a colheita dos vencedores das áreas técnicas, cuja premiação foi realizada na tarde deste sábado (12), no Microsoft Theatre, em Los Angeles, deve conhecer um vasto refinamento no quadro de perspectivas de estatuetas para a premiação principal do próximo domingo (20). De 24, Game of Thrones irá para a parte televisionada com apenas sete possibilidades de estatueta, incluindo atuações coadjuvantes.

Michele K. Short/FX/Divulgação/09.10.2014

Como já sabido, boa parte das indicações que Thrones recebeu veio de áreas técnicas como efeitos visuais, edição de imagem direção de fotografia, etc. Não serve para desmerecer a série em si, mas para dar um ambiente para a disputa principal a ser televisionada por aqui pelo canal pago Warner. Já na produção vice-líder de indicações, American Horror Story: Freak Show a facada vai de dezenove para oito. A conta inclui os atores coadjuvantes, a atriz principal Jessica Lange, produção e direção de Ryan Murphy.

Jojo Whilden/HBO/Divulgação/16.10.2013

Já na produção terceira colocada de indicações ao 67º Primetime Emmy, a minissérie Olive Kitteridge, a facada é um pouco menor: de 13 indicações que recebeu, a produção da atriz Frances McDormand para a HBO vai para a premiação principal com sete possibilidades de estatueta, inclusive para a própria, tanto na condição de produtora da trama quanto na de protagonista da adaptação literária homônima. Fazer figuração é fácil. Difícil é McDormand tentar convencer os votantes da mesma forma que conseguiu um Oscar por Fargo.

HBO/Divulgação/16.05.2015

Para a quarta produção indicada, o telefilme Bessie, a equação para a festa principal do Primetime Emmy é subtrair 12 de 6 para se chegar à equação final de indicações à festa principal, incluindo as atuações competentes de Queen Latifah e Mo’Nique, mais coadjuvantes, direção e roteiro. A despeito de empatar com Mad Men e Transparent, com 11 indicações, House of Cards despenca para apenas quatro possibilidades de estatueta no próximo domingo: ator, atriz principal, ator coadjuvante e produção. Boa semana a todos.

Publicação simultânea com o caderno Notícia da TV do Jornal Meio Norte que circula no domingo (13/9)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Coluna da Semana, Minisséries e telefilmes, Numb3rs, Premiações, Séries e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s