Agravamento da crise econômica ameaça organização do concurso Miss Brasil 2015 pela Band


Coordenadores estaduais já começaram a perder a paciência com direção da Enter, que não adotou uma providência sequer

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Reprodução/Facebook/Melisseiros/21.08.2015


Fechamento da Band Tocantins forçou indicação de candidata

Parte das coordenações estaduais do concurso Miss Brasil já teme um eventual cancelamento do concurso de 2015 por parte da Rede Bandeirantes e de sua empresa de eventos, a Enter, em função do agravamento da crise econômica que assola o país, inclusive empresas de comunicação como a que organiza o certame. Só este ano, a Band efetuou 50 demissões em diversos setores e fechou sua emissora em Palmas, capital do Estado de Tocantins. A medida, adotada em maio, inviabilizou qualquer chance de a Band promover o concurso de Miss Tocantins, que foi cancelado. Em seu lugar, a coordenação local decidiu indicar uma candidata do banco da coordenação mineira.
A se confirmar, essa será a segunda vez em 60 anos que uma edição do Miss Brasil é cancelada por fatores econômicos. Em 1990, a onda de confisco de cadernetas de poupança decorrente do Plano Collor obrigou o SBT a cancelar o concurso Miss Brasil 1990. À ocasião, a emissora da família Abravanel não tinha tomado providência alguma em relação à etapa brasileira do Miss Universo 1990, que já tinha candidatas eleitas apenas na Bahia e Minas Gerais. Agora, 25 das 27 candidatas estaduais estão eleitas e a direção da Enter nada fez para decidir os rumos da organização do Miss Brasil 2015.
Integrantes do Comitê Nacional de Coordenadores de Concursos de Beleza (CNCCB) informaram ao TV em Análise Críticas que já estão tendo prejuízos com a preparação de suas candidatas em, pelo menos, 15 Estados. Um dos coordenadores estaduais, que pediu para não ser identificado, disse já ter gasto cerca de R$ 35 mil na preparação e treinamentos de sua candidata, eleita no primeiro semestre deste ano, de um Estado que não será revelado. “A Band me pagou R$ 50 mil de luvas para transmitir o meu concurso e estou vendo todo o investimento da família Saad ir para o ralo. Estou me sentindo lesado com essa enrolação (da Enter)”, desabafou o coordenador, que disse afirmar ter mais de 20 anos de experiência no ramo.

Outro lado

Procurada pela reportagem do Críticas, a direção da Enter disse que não vai se manifestar sobre a rebelião dos coordenadores estaduais, mas admite dificuldades na organização do Miss Brasil 2015. De acordo com fontes da Band, a emissora estaria encontrando entraves no mercado para tentar renovar os contratos de patrocínio da Amanco, Nivea e Bombril, empresas que patrocinaram o Miss Brasil 2014, realizado em Fortaleza. Internamente, já se trabalha com a realização do concurso em São Paulo, no Palácio das Convenções do Anhembi, no dia 31 de outubro, de acordo com carta enviada no final de julho às coordenações estaduais. O período de confinamento das 27 candidatas deve começar no dia 13 de outubro, a partir dos respectivos desembarques na capital paulista.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Agravamento da crise econômica ameaça organização do concurso Miss Brasil 2015 pela Band

  1. Pingback: EXCLUSIVO: Cortes de gastos na Band também podem levar ao cancelamento do concurso Miss Brasil 2015 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: Vices da Band vão a NY e Beverly Hills para tentarem ‘salvar’ concurso Miss Brasil das mãos da Globo | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s