As indicações ao 67º Primetime Emmy nas categorias de roteiro, em detalhes


Peso do WGA Awards de fevereiro praticamente não influi no quadro de concorrentes das categorias de séries e não ficção

Da redação TV em Análise

Jojo Whilden/HBO/Divulgação/16.10.2013


Vencedora de minissérie adaptada no sindicato, Olive Kitteridge é exceção

Sem influência alguma do WGA Awards, realizado em fevereiro último, o quadro de indicados ao 67º Primetime Emmy na categoria de roteiro em série dramática é inteiramente composto de produções que estrearam temporadas na mid-season (iniciada em 5 de janeiro). O principal destaque neste segmento são as duas indicações conseguidas por Mad Men. Em comédia, apenas Transparent estreou temporada na fall-season 2014. No entanto, o episódio desta trama que foi indicado ao Emmy é bem distinto do que concorreu à 67ª edição da premiação do sindicato de roteiristas.
Entre as minisséries e telefilmes, apenas Olive Kitteridge concorreu ao WGA Awards, vencendo na área de minissérie ou telefilme adaptado (vem de um livro homônimo). As demais produções concorrentes desta área passaram longe. Na área de série de variedades, apenas Key & Peele não foi indicada ao WGA Awards 2015. Na área de não ficção, apenas The Roosevelts carrega o peso de ter sido indicada ao sindicato. No entanto, perdeu para um episódio do Frontline que tratava do caso das concussões de ex-atletas da NFL, a principal liga de futebol americano dos Estados Unidos.
Distribuída em seis categorias competitivas (contra 17 do WGA Awards, que também inclui noticiários, programas infantis e novelas diurnas), a área de roteiro do 67º Primetime Emmy terá os vencedores das categorias de série cômica, série dramática, minissérie ou telefilme, série de variedades e especial de variedades anunciadas durante a premiação principal do dia 20 de setembro (domingo), a ser realizada no Microsoft Theatre (ex-Nokia Theatre), em Los Angeles. Apenas a área de roteiro em não ficção terá seu vencedor anunciado no 67º Creative Arts Primetime Emmys, a ser realizado no mesmo local, no sábado anterior, 12 de setembro. Lista detalhada:

Roteiro em série dramática
Gordon Smith – Better Call Saul (Five-O)
David Benioff e D.B. Weiss – Game of Thrones (Mother’s Mercy)
Semi Chellas e Matthew Weiner – Mad Men (Lost Horizon)
Matthew Weiner – Mad Men (Person to Person)
Joshua Brand – The Americans (Do Mall Robots Dream of Electric Sheep?)

Roteiro em série cômica
David Krane e Jeffrey Klarik – Episodes (Episode 409)
Louis C.K. – Louie (Bobby’s House)
Alec Berg – Silicon Valley (Two Days of the Condor)
Will Forte – The Last Man on Earth (Alive in Tucson [Pilot])
Jill Soloway – Transparent (Pilot)
Simon Blackwell, Armando Iannucci e Tony Roche – Veep (Election Night)

Roteiro em minissérie ou telefilme
John Ridley – American Crime (Episode One)
Dee Rees, Christopher Cleveland, Bettina Gilois e Horton Foote – Bessie
Stephen Merchant, Gene Stupinsky e Lee Eisenberg – Hello Ladies: The Movie
Jane Anderson – Olive Kitteridge
Hugo Blick – The Honorable Woman
Peter Straughan – Wolf Hall

Roteiro em série de variedades
Equipe – Inside Amy Schumer
Equipe – Key & Peele
Equipe – Last Week Tonight with John Oliver
Equipe – The Colbert Report
Equipe – The Daily Show with Jon Stewart

Roteiro em especial de variedades
Equipe – Key & Peele Super Bowl Special
Louis C.K. – Louis C.K.: Live at The Comedy Store
Mel Brooks – Mel Brooks Live at The Geffen
Equipe – 72º Golden Globe Awards
Equipe – The Saturday Night Live 40th Anniversary Special

Roteiro em programa de não ficção
Anthony Bourdain – Anthony Bourdain: Parts Unknown (Iran)
Alex Gibney – Going Clear: Scientology and the Prison of Belief
Brett Morgen – Kurt Cobain: Montage of Heck
Marc Balley e Kevin McAlester – Last Days in Vietnam (American Experience)
Geoffrey C. Ward – The Roosevelts: An Intimate History (Episode 5: The Rising Road [1933-1939])

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Minisséries e telefilmes, Não-ficção, Premiações, Reality-shows, Séries, Variedades e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para As indicações ao 67º Primetime Emmy nas categorias de roteiro, em detalhes

  1. Pingback: As indicações ao 67º Primetime Creative Arts Emmys nas categorias de direção de arte e desenho de título | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: As indicações ao 67º Primetime Creative Arts Emmys nas categorias de edição e montagem | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s