Diretor da Band marca, mas admite adiar data do Miss Brasil 2015 por questão do Miss Universo 2015


Emissora trabalha com a data de 29 de agosto, mas concurso pode ser mesmo realizado em setembro, na capital paulista

Da redação TV em Análise

Antares Martins/Band RS/Divulgação


Caio Carvalho, em concurso gaúcho, diz uma coisa. Mas a outra está na dependência do que a MUO anunciar em Baton Rouge, no dia 12

A direção da Enter, empresa que detém a concessão do concurso Miss Brasil válido pelo Miss Universo, já admite a possibilidade de adiar o concurso de 2015 de 29 de agosto para 26 de setembro. A informação foi passada na tarde desta segunda-feira (29) à redação do TV em Análise Críticas por uma fonte da empresa de eventos da Rede Bandeirantes, emissora que transmite o concurso desde 2003, mas o promove desde 2012.
Em declaração ao site oficial da organização do Miss Brasil, o representante da Enter na organização do certame Caio Luiz de Carvalho, ex-ministro do Turismo no (des)governo FHC, admitiu a possibilidade de mudar a data do evento para atender ao calendário do Miss Universo 2015, que deverá ser anunciado assim que a sede for anunciada no próximo dia 12 de julho (domingo), em Baton Rouge, no Estado americano da Luisiana, durante a realização do Miss USA 2015.
No último sábado (27), Caio Carvalho esteve em Canoas (região metropolitana de Porto Alegre) para assistir à festa de eleição da representante do Rio Grande do Sul no Miss Brasil 2015, transmitida pela Band local.

Decisão por São Paulo já foi tomada; afiliada pode fazer Miss TO

De acordo com uma fonte da Enter, que pediu anonimato, a direção da Band teria decidido pela realização do Miss Brasil 2015 no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo, para cortar despesas de deslocamento de profissionais da Band para outros Estados. Reportagem do Críticas publicada no dia 6 de junho mostra que a Enter gastou R$ 55 milhões em passagens aéreas para o deslocamento de pessoal envolvido com as edições do Miss Brasil realizadas em Fortaleza (2012 e 2014) e Belo Horizonte (2013).
Pesa para a realização do Miss Brasil 2015 em São Paulo o recente programa de cortes que a Band empreendeu, levando à demissão de 50 funcionários e ao fechamento de sua emissora em Palmas, capital do Tocantins. Com essa medida, o concurso Miss Tocantins 2015 corre o risco de não ter apoio da emissora paulista, mas da afiliada TV Girassol, que possui emissoras em Gurupi e Araguaína.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s