Decisão sobre sede do Miss USA 2015 só deve sair após a Semana Santa


Nos bastidores, a escolha de Baton Rouge já é dada como certa

Da redação TV em Análise

Baton Rouge Advocate/Arquivo


Cidade liberou verbas de US$ 300 mil para sediar o Miss USA 2014. Para sediar concurso em 2015, gastos públicos serão de US$ 280 mil

A decisão final da Miss Universe Organization sobre a manutenção de Baton Rouge como sede do Miss USA para sua 64ª edição só será tomada após os feriados da Semana Santa, assegurou uma fonte da organização do concurso ao TV em Análise Críticas na manhã desta quarta-feira (1º). Segundo essa mesma fonte, o acordo com a Visit Baton Rouge, empresa de turismo da capital da Luisiana, está todo apalavrado, faltando apenas aparar algumas arestas jurídicas.
Na quinta-feira (26), o conselho metropolitano de Baton Rouge aprovou a liberação de uma verba de US$ 230 mil para a organização do concurso na cidade. De acordo com o prefeito Kip Holden (Partido Democrata), as despesas de organização estariam estimadas em US$ 280 mil. Empresários do setor hoteleiro já trabalham com a realização do certame no dia 12 de julho (domingo). A Visit Baton Rouge estima que a taxa de ocupação dos hoteis da cidade cresça em 9% durante o período de realização da etapa americana do Miss Universo 2015.
No ano anterior, a Visit Baton Rouge trabalhou com uma verba de US$ 300 mil para a organização da 63ª edição do concurso Miss USA, realizada no Baton Rouge River Center no dia 8 de junho. A transmissão televisiva do concurso, então exclusiva da NBC, registrou 5,55 milhões de telespectadores, média de 3,4 e share domiciliar de 6 pontos. Na disputa de audiência, o certame perdeu em público para o 68° Tony Awarads, transmitido pela CBS, e a segunda partida das Finais da NBA, entre Miami Heat e San Antonio Spurs, exibida pela ABC.
A partir deste ano, o concurso Miss USA passa a ter transmissão simultânea em espanhol feita pela Univision. A geração oficial em inglês vai permanecer com a NBC.
Oficialmente, as redes NBC e Univision, tampouco a própria MUO se pronunciaram sobre o assunto até o fechamento desta matéria.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s