Os vencedores do 57º Grammy, em detalhes e estatísticas


Sam Smith, Beyoncé, Pharrell e Rosanne Cash dominaram as cerimônias

Da redação TV em Análise

Fotos Jason Kempin e Steve Granitz/WireImage


A filha do Johnny Cash antes, o inglesinho depois

Duas cerimônias marcaram o anúncio dos vencedores das 83 categorias da 57ª edição do Grammy, realizada neste domingo (8), em Los Angeles. Na primeira delas, transmitida via livestreaming pelo site da organização do evento, foram contempladas 74 categorias, incluindo álbum falado, álbum de comédia, categorias de música latina, categorias de música clássica, categorias de empacotamento e categorias de engenharia. Esse segmento ocorreu no Nokia Theatre.
Na segunda parte da premiação, realizada no Staples Center, televisionada nos Estados Unidos pela CBS e gerada para 175 países, o inglês Sam Smith foi o grande vencedor, com quatro gramofones, incluindo o de gravação do ano para Stay with Me, colaborada na premiação por Mary J. Blige (a pareceria de ambos já vencera o NAACP Image Awards na antevéspera). Logo atrás, Pharrell Williams, Rosanne Cash e Beyoncé receberam três gramofones cada, em ambas as cerimônias. Abaixo, a lista detalhada de vencedores:

Gravação do Ano
Stay with Me – Sam Smith

Álbum do Ano
Morning Phase – Beck

Canção do Ano
Stay with Me – Sam Smith

Artista revelação
Sam Smith

Performance solo pop
Happy – Pharrell Williams

Performance de dupla ou grupo pop
Say Something – A Great Big World com Christina Aguilera

Álbum de pop tradicional
Cheek to Cheek – Lady Gaga e Tony Bennett

Álbum pop vocal
In the Lonely Hour – Sam Smith

Gravação de dance
Rather Be – Clean Bandit com Jess Glyne

Álbum de dance ou música eletrônica
Syro – Aphew Twin

Álbum contemporâneo instrumental
Bass & Mandolim – Chris Thilie e Edgar Meyer

Performance de rock
Lazaretto – Jack White

Performance de metal
The Last in Line – Tenacious D

Canção de rock
Ain’t it Fun – Paramore

Álbum de rock
Morning Phase – Beck

Álbum de música alternativa
St. Vincent – St. Vincent

Performance de R&B
Drunk in Love – Beyoncé com Jay-Z

Performance de R&B tradicional
Jesus Children – Robert Glasper Experiment com Lalah Hathaway e Malcolm-Jamal Warner

Canção de R&B
Drunk in Love – Beyoncé com Jay-Z

Álbum urbano contemporâneo
G.I.R.L. – Pharrell Williams

Álbum de R&B
Love, Marriage & Divorce – Toni Braxton e Babyface

Performance de rap
I – Kendrick Lamar

Colaboração cantada de rap
The Monster – Eminem com Rihanna

Canção de rap
I – Kendrick Lamar

Álbum de rap
The Marshall Mathers LP2 – Eminem

Performance solo country
Something in the Water – Carrie Underwood

Performance de dupla ou grupo country
Gentle on My Mind – The Band Perry

Canção country
I’m Not Gonna Miss You – Glen Campbell

Álbum country
Platinum – Miranda Lambert

Álbum new age
Winds of Samsara – Ricky Key e Wouter Kellerman

Solo improvisado de jazz
Fingerprints – Chick Corea

Álbum vocal de jazz
Beautiful Life – Dianne Reeves

Álbum de jazz instrumental
Trilogy – Chick Corea Trio

Álbum de grande conjunto de jazz
Life in the Bubble – Gordon Goodwin’s Big Phat Band

Álbum de jazz latino
The Offense of the Drum – Arturo O’Farrill & The Afro Latin Jazz Orchestra

Performance ou canção gospel
No Greater Love – Smokie Norful

Performance ou canção cristã contemporânea
Messengers – Lecrae com For King & Country

Álbum gospel
Help – Erica Campbell

Álbum de música cristã contemporânea
Run Wild. Live Free. Love Strong. – For King & Country

Álbum gospel de raízes
Shine For All the People – Mike Farris

Álbum de pop latino
Tangos – Rubén Blades

Álbum de rock urbano ou alternativo latino
Multiviral – Calle 13

Álbum de música regional mexicana (incluindo tejano)
Mano A Mano – Tangos A La Manera De Vicente Fernández – Vicente Fernández

Álbum tropical latino
Más + Corazón Profundo – Carlos Vives

Performance de raízes americanas
A Feather’s Not A Bird – Rosanne Cash

Canção de raízes americanas
A Feather’s Not A Bird – Rosanne Cash

Álbum de americana
The River & The Thread – Rosanne Cash

Álbum de bluegrass
The Earls Of Leicester – The Earls Of Leicester

Álbum de blues
Step Back – Johnny Winter

Álbum folk
Remedy – Old Crow Medicine Show

Álbum de raízes regionais
The Legacy – Jo-El Sonnier

Álbum de reggae
Fly Rasta – Ziggy Marley

Álbum de world music
Eve – Angelique Kidjo

Álbum infantil
I Am Malala: How One Girl Stood Up For Education And Changed The World (Malala Yousafzai) – Neela Vaswani

Álbum falado (inclui poesia, livros áudio e estórias)
Diary Of A Mad Diva – Joan Rivers (póstumo)

Álbum de comédia
Mandatory Fun – “Weird Al” Yankovic

Álbum de música teatral
Beautiful: The Carole King Musical

Compilação sonora para mídia visual
Frozen – Uma Aventura Congelante

Trilha sonora para mídia visual
O Grande Hotel Buadpeste

Canção composta para mídia visual
Let if Go (Frozen – Uma Aventura Congelante) – Compositores: Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez; Intérprete: Idina Menzel

Composição instrumental
A Menina que Roubava Livros – Compositor: John Williams

Arranjo instrumental ou a capela
Daft Punk – Pentatonix

Arranjo instrumental e vocal
New York Tendaberry – Billy Childs com Renée Fleming e Yo-Yo Ma

Pacote de gravação
Lightning Bolt – Pearl Jam

Pacote de box ou edição especial limitada
The Rise & Fall Of Paramount Records, Volume One (1917-27) – Vários

Anotações de álbum
Offering: Live At Temple University – John Coltrane

Álbum histórico
The Garden Spot Programs, 1950 – Hank Williams

Engenharia de álbum não clássico
Morning Phase – Beck

Produtor Não Clássico do Ano
Max Martin

Gravação remixada não clássica
All Of Me (Tiesto’s Birthday Treatment Remix) – John Legend

Álbum surround sound
Beyoncé – Beyoncé

Engenharia de álbum clássico
Vaughan Williams: Dona Nobis Pacem; Symphony No. 4; The Lark Ascending – Robert Spano, Norman Mackenzie, Atlanta Symphony Orchestra e Coral

Produtora Clássica do Ano
Judith Sherman

Performance orquestral
John Adams: City Noir – Regente: David Robertson (Orquestra Sinfônica de St. Louis)

Gravação de ópera
Charpentier: La Descente D’Orphée Aux Enfers – Regentes: Paul O’Dette e Stephen Stubbs (Boston Early Music Festival Chamber Ensemble)

Performance de coral
The Sacred Spirit of Russia – Regente: Craig Hella Johnson (Conspirare)

Performance de música de câmara ou pequeno conjunto
In 27 Pieces – The Hilary Hahn Encores – Hilary Hahn & Cory Smythe

Solo instrumental clássico
Play – Jason Vieaux

Álbum clássico vocal solo
Douce France

Compêndio clássico
Partch: Plectra & Percussion Dances

Composição clássica contemporânea
Become Ocean – John Luther Adams (Orquestra Sinfônica de Seattle)

Vídeo musical
Happy – Pharrell Williams – direção: We Are From L.A.

Filme musical
A Um Passo do Estrelato – Darlene Love, Merry Clayton, Lisa Fischer e Judith Hill – direção: Morgan Neville

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Eventos, Premiações e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Os vencedores do 57º Grammy, em detalhes e estatísticas

  1. Pingback: Os vencedores do 50º Academy of Country Music Awards, em detalhes e estatísticas | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s