A uma semana de sua realização, concurso Miss Universo 2014 ‘empaca’ junto a patrocinadores da Band


Apenas a Handara manteve sua cota de patrocínio

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Miss Universe Organization/Divulgação/13.01.2015


Para outros anunciantes, Meliossa Gurgel já “dançou” no MU 2014

Faltando oito dias para a realização da 63ª edição do concurso de Miss Universo, na FIU Arena, em Miami, setores da área comercial da Band não escondem a decepção com a venda de cotas de patrocínio para o certame. Das cinco cotas comercializadas para o Miss Brasil 2014, realizado em setembro em Fortaleza – Beach Park, Handara, Nivea, Bombril e Amanco – apenas a da empresa têxtil cearense Handara foi preservada.
De acordo com fontes da Band, as negociações com a Bombril e com a Amanco fracassaram. A emissora tenta negociar a segunda cota de patrocínio do certame com a Nivea.
Além dos anunciantes, outro problema da Band com o Miss Universo 2014 será sua contraprogramação. Na primeira hora (23 à 0h), o certame vai concorrer com parte do Fintástico e do Big Brother Brazylia 15, na Globo, o final do Programa Sílvio Santos, no SBT, e parte do Domingo Espetacular e do Câmera em Ação, na Record. Caso a representante brasileira Melissa Gurgel avance entre as 16 semifinalistas e depois para as 10 (entre 0 e 1h), o certame vai concorrer com o Domingo Menor (Globo), Roberto Justus + (Record) e De Frente com Gabi (SBT). Em caso de avanço da cearense entre as cinco finalistas (pouco depois da 1h), os únicos concorrentes diretos do certame serão o filme da Globo e a série Nikita, no SBT. A previsão é de que a sucessora da venezuelana Maria Gabriela Isler seja coroada antes das 2h (hora de Brasília) da segunda-feira (26).
Nos interiores da Band, independente do resultado que Melissa obtenha em Miami, estima-se que o concurso dê um prejuízo de R$ 12 milhões, com ações de mídia não realizadas. Havia o plano da TV Jangadeiro enviar uma equipe para Miami, mas a ideia foi vetada pela matriz paulista da rede. Cortes estão sendo realizados em todos os setores da emissora para adequação ao atual cenário econômico do país.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Publicidade, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para A uma semana de sua realização, concurso Miss Universo 2014 ‘empaca’ junto a patrocinadores da Band

  1. Pingback: Contrato da Enter com a Miss Universe Organization está perto de acabar e Band pode perder Miss Universo já em 2016 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: Crise econômica, Jungle Fight e Operação Lava Jato ameaçam realização do concurso Miss Brasil 2015 pela Enter | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s