Após festa do Miss Brasil 2014, Band começa a calcular os prejuízos do certame


Por eleições, evento não teve patrocinadores governamentais

Da redação TV em Análise
Com reportagem de João Eduardo Lima

Lucas Ismael/Band/Divulgação


Miss Brasil 2014: pranchas de candidatas não vendem

Entre os diretores e funcionários da Band que participaram da transmissão do concurso Miss Brasil 2014, realizado na noite deste sábado (27), no faraônico e superfaturado Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, o clima é de enterro. Sem os apoios da prefeitura e do Governo do Estado do Ceará, que não puderam ser convertidos em cotas de patrocínio por força das proibições impostas pela Lei Eleitoral, estima-se que a emissora tenha tido um prejuízo de R$ 14,5 milhões só com as despesas de deslocamento de pessoal e de equipamentos – um deles chegou inclusive a falhar durante a exibição gravada de trajes típicos ainda no segundo bloco. A íntegra foi ao ar no bloco seguinte, quando as 15 semifinalistas já tinham sido anunciadas pelos apresentadores André Vasco e Renata Fan.
Fontes da Enter admitem que receberam, “por baixo”, um adiantamento da Secretaria de Turismo do Estado do Ceará antes mesmo do período de proibições eleitorais, ainda em meados de maio. Originalmente, o valor (mantido sob sigilo) estava destinado à organização do concurso Miss Universo 2014 na cidade. Mas a Enter acatou o pedido da Setur para “segurar” a sede do Miss Brasil no CEC, que já havia recebido a disputa em 2012.
Originalmente, o plano da Enter era realizar o Miss Brasil 2014 em Porto Alegre e deixar a capital cearense reservada para a disputa do título internacional. Em 20 de maio, a Setur-CE apresentou à Enter e à Miss Universe Organization um pedido de desistência de sediar o certame, retirando a proposta feita em 27 de setembro de 2013.

Fundo do cofre

A humilhante derrota da Selecinha brasileira de futebol para a Alemanha por 7 a 1 na Copa do Mundo FIFA foi agravante maior para que a Band tivesse “encalhado” o plano comercial do projeto Miss 2014. Para a etapa nacional, duas empresas cearenses (a marca de jeans Handara e o Beach Park) compraram as duas únicas cotas de apoio disponíveis. Nas cotas master, a Nivea tomou o lugar que foi por anos da Colgate-Palmolive. Bombril e Nivea completaram o grupo de cotas net do certame, que deve ser preservado para o Miss Universo 2014, marcado para o dia 18 de janeiro, num dos salões do Trump National Doral, em Doral (região metropolitana de Miami).
Até a primeira semana de atividades das misses, a Band só conseguira vender as cotas da Handara, Beach Park e da multinacional venezuelana Amanco. Bombril e Nivea só fecharam seus acordos de patrocínio para o Miss 2014 da Band com a programação das candidatas já em avançado andamento. Entre especialistas de mercado, estima-se que a Band tenha perdido R$ 18,5 milhões só com publicidade para a etapa brasileira do Miss Universo 2014.
Até o Miss Brasil 2013, era comum a Band fechar as cotas de transmissão do Miss Brasil com seis, sete ou oito anunciantes. Com o descrédito do certame, agravado por inúmeras denúncias de corrupção envolvendo coordenadores estaduais associado ao mau cenário econômico vivido pelo país, a situação só se agravou para essa parcela da indústria do chamado “mundo miss” brasileiro.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s