Para internautas do Críticas, iFHC tem culpa no fiasco de Fortaleza para disputa de sede do Miss Universo 2014


ONG de ex-presidente atuou na surdina ao lado de ex-petista para derrubar diretor da Enter que negociava com a MUO

Da redação TV em Análise

Adriano Vizoni/Folhapress/27.09.2011


Bláblárina e FHC derrubaram diretor da Enter

Para 50% dos internautas do TV em Análise Críticas, o Instituto Fernando Henrique Cardoso (iFHC) é o principal culpado pelo fracasso da candidatura da cidade de Fortaleza para receber a 63ª edição do concurso Miss Universo. A enquete foi encerrada no início da tarde desta sexta-feira (12).
Ainda de acordo com a mesma enquete, 17% dos internautas acham que a culpa pelo malogro da capital cearense é do governador Cid Gomes (PROS). Mesmo percentual de culpa foi aplicado à presidenta Dilma Rousseff (PT), que disputa a reeleição e ao Instituto Millenium, ONG controlada por parceiros da Rede Globo de Televisão, que cede à Band os direitos dos concursos de Miss Brasil e Miss Universo e de campeonatos de futebol.
As outras três opções constantes do levantamento, os ex-governadores Tasso Jerissati (PSDB) e Ciro Gomes (PROS) e a multinacional petrolífera americana Chevron, não foram citadas. A enquete, sem valor científico, teve início no dia 24 de maio e teve a participação de seis internautas.
De acordo com o público ouvido pelo Críticas, o iFHC, ONG presidida pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) atuou nos bastidores para impedir que Fortaleza, governada pelo prefeito Roberto Cláudio (PSB), aliado da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (Rede Globo de Sustentabilidade/PSB), recebesse o concurso Miss Universo 2014. Setores da Enter, empresa de eventos da Band, ligados ao PSDB abandonaram a candidatura da cidade cearense ao certame no final de maio, depois que seu diretor-geral, Caio Luiz de Carvalho, ex-ministro do Turismo nos dois governos de FHC, foi transferido para a direção do canal pago Arte 1.

Bessinha

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Nossas Venezuelas, Numb3rs, Poderes ocultos, Podres poderes, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s