Por eleições, Band estuda marcar Miss Brasil 2014 para a véspera do segundo turno presidencial


Intenção da Enter é evitar acusações de uso eleitoral do concurso em favor de candidatos

Da redação TV em Análise
Com reportagem de João Eduardo Lima

Carol Gherardi/Band/Divulgação/28.09.2013


Miss Brasil 2014 na mira de políticos de PSDB, PR, PMDB e PT: eleições gerais podem colocar concurso na véspera do segundo turno presidencial

Passada a Copa do Mundo da FIFA, a direção da Enter, empresa de eventos da Rede Bandeirantes, receosa de acusações de integrantes do PT para favorecer a candidatura de Aécio Neves (PSDB) e aliados estaduais, estuda realizar a 60ª edição do concurso Miss Brasil no dia 25 de outubro. O motivo da escolha dessa data é o temor de alguma manifestação política na Internet contra candidatas de Estados administrados por partidos de oposição, como Minas Gerais, administrada por Antonio Anastasia (PSDB), sucessor de Aécio no Palácio da Liberdade desde sua eleição para o Senado em 2010.
Fontes da Enter informaram ao TV em Análise Críticas que a Miss Universe Organization já teria sido cientificada dessa situação gravíssima para a indústria de concursos de misses no Brasil, abastecida em parte com o dinheiro de políticos ligados a vários partidos (entre eles PT, PMDB, PR e o próprio PSDB), empreiteiras com interesses ligados ao Estado e governos de Estados interessados em sediar a etapa brasileira do Miss Universo 2014. Uma alta fonte da MUO informou à redação do Críticas, com exclusividade, que Robert Greenblatt, presidente da NBC Entertainment, foi alertado para marcar o Miss Universo 2014 apenas para o dia 17 de dezembro.
Ainda segundo essa fonte, a MUO também quer evitar acusações de favorecimento ilegal de políticos do Estado de Nevada à representante americana na disputa, Nia Sanchez. O objetivo tanto da NBC quanto da MUO é deter esquemas de corrupção eleitoral, como verificado no Miss Universo 2012. Empreiteiras que foram contratadas em caráter de emergência para reconstruir áreas afetadas pelo furacão Sandy fizeram grandes doações à MUO em troca de votos para eleger a também norte-americana Olivia Culpo como Miss Universo à ocasião. Empresas brasileiras e entidades ligadas à jornais de direita da América Latina também participaram do esquema irregular de suborno a jurados que ficou conhecido como “propinoduto da Olivia Culpo”. Passados quase dois anos das denúncias, um funcionário da MUO que participou do esquema foi demitido em troca da não divulgação do escândalo pela imprensa.
De acordo com a fonte, NBC e MUO querem evitar a proximidade do Miss Universo 2014 com as eleições gerais americanas, previstas para o dia 4 de novembro. Nessa data serão eleitos governadores de 36 dos 51 Estados, 33 dos 100 senadores, prefeitos de várias cidades, além de estar em disputa os 435 assentos na Câmara de Representantes. Além disso, a data proposta para o concurso entre diretores da MUO evitaria choque de programação com um importante especial de fim-de-ano da emissora: a encenação do teleteatro Peter Pan Live!, confirmada para o dia 4 de dezembro.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Nossas Venezuelas, Poderes ocultos, Podres poderes, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Por eleições, Band estuda marcar Miss Brasil 2014 para a véspera do segundo turno presidencial

  1. Pingback: Por pressão de departamemto comercial, Band tira Miss Brasil 2014 da véspera do segundo turno para presidente | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s