Apesar de transferido para o Arte 1, ex da Enter ainda consta como diretor de coordenadora brasileira do Miss Universo


Elvis não morreu

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Divulgação/FGV/27.01.2013


No site da Band, Caio Carvalho continua com as misses

Apesar de não mais responder pela Enter-Entertainment Experience, empresa de eventos da Band responsável pela representação da concessão do concurso de Miss Universo para o Brasil, o ex-ministro do Turismo no (des)governo FHC e ex-presidente da SPTuris (São Paulo Turismo) na gestão de Gilberto Kassab (PSD) Caio Luiz de Carvalho continua na sua direção. Pelo menos, é o que acusa a seção “Quem Faz” da página do Grupo Bandeirantes de Comunicação.
Apesar de já estar trabalhando na programadora de canais pagos da Turner (responsável pela TNT, que detém os direitos de TV fechada do mesmo concurso para o país), Rogério Gallo ainda permanece na direção do canal cabeçudo Arte 1. Posto esse ocupado agora por Caio, ex-Enter. Era ele quem estava conduzindo até o final de maio as negociações para Manaus, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto e Porto Alegre disputarem a vaga brasileira para sediar a 63ª edição do Miss Universo, prevista para entre a segunda quinzena de novembro e o início de dezembro.
A área jurídica, responsável pela perseguição a blogueiros independentes de entretenimento como este que denunciam mazelas nas várias etapas estaduais do Miss Brasil, é coordenada (ao menos na tabela) por Juana Melo.
Elvis não morreu. Pelo menos no organograma diretivo do site do Grupo Band.
Em tempo 1: Nem sinais vitais do Evandro Hazzy nesse quadro…
Em tempo 2: Quanto o sr. aposta pela promoção da sra. Rosana Saad dos eventos corporativos da TV Band (Miss Brasil incluso) para a direção da Enter?

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s