A audiência americana da sexta-feira olímpica, 21 de fevereiro de 2014


A dois dias da cerimônia de encerramento, NBC chega a um dos patamares mais baixos de Sochi 2014

Da redação TV em Análise

Leon Neal/AFP/21.02.2014


Canadenses do curling: mais humilhação ao Team USA e à NBC

A última sexta-feira de competição das XXII Olimpíadas de Inverno, realizadas em Sochi (Rússia), foi de mais queda de público para a NBC – 5,4 milhões de telespectadores a menos em relação à noite anterior e 4,6 milhões à menos em relação à sexta-feira anterior. No escopo do horário nobre, a emissora registrou 14,5 milhões de telespectadores, média de 8,6 e share domiciliar de 15 pontos.
Entre o bloco não olímpico, a CBS teve o melhor desempenho – 6,2 milhões de telespectadores, média de 4 e share de 7 conseguidos com uma maratona de três episódios de Blue Bloods. Um pouco atrás, a ABC (com inéditos de Shark Tank e 20/20) registrou 5,4 milhões de telespectadores, média de 3,5 e share de 6. Entre as redes que optaram pela última pausa olímpica de seus inéditos, a FOX registrou 2,3 milhões de telespectadores, média de 1,4 e share de 2 contra 968 mil telespectadores, média de 0,6 e share de 1 registrados pela The CW.
Entre os telespectadores na faixa de 18 a 49 anos, a NBC perdeu 1,4 ponto em relação à quinta-feira, registrando 3,5 de média com o programa olímpico de horário nobre. Ainda assim, conseguiu imprimir vantagem de 2,2 pontos sobre a segunda colocada, a ABC, que fechou a noite com 1,3 ponto. Abaixo da zona de 1 ponto ficaram CBS (0,8), FOX (0,7) e The CW (0,3).
Hora por hora (horários da costa leste americana), os dados da Nielsen Media Research:

20h

NBC: Olimpíadas de Inverno de Sochi (14 milhões de telespectadores, 8,4/15 domiciliar)
CBS: Blue Bloods – reprise (5,3 milhões, 3,5/6)
ABC: Last Man Standing – reprise (4 milhões, 2,7/5)/Last Man Standing – reprise (3,9 milhões, 2,5/4)
FOX: Bones – reprise (3,1 milhões, 1,9/3)
The CW: Whose Line Is It Anyway? – reprise (1,4 milhão, 0,9/2)/Whose Line Is It Anyway? – reprise (1,4 milhão, 0,9/2)

Líder 18-49: Olimpíadas de Inverno (3,2)

21h

NBC: Olimpíadas de Inverno de Sochi (15,6 milhões, 9,2/15)
CBS: Blue Bloods – reprise (6,3 milhões, 4,1/7)
ABC: Shark Tank (6,1 milhões, 3,9/6)
FOX: Enlisted – reprise (1,6 milhão, 1,0/2) /Raising Hope – reprise (1,2 milhão, 0,7/1)
The CW: The Originals – reprise (516.000, 0,4/1)

Líder 18-49: Olimpíadas de Inverno (3,7)

22h

NBC: Olimpíadas de Inverno de Sochi (14 milhões, 8,3/15)
CBS: Blue Bloods – reprise (6,8 milhões, 4,4/8)
ABC: 20/20 (6 milhões, 4,0/7)

Líder 18-49: Olimpíadas de Inverno (3,5)

NOTA: Os números acima divulgados são preliminares e estão sujeitos a modificação. Incluem audiência ao vivo e DVR para exibição na mesma noite

O TOP 10 DAS TV’S PAGAS AMERICANAS NA 6ª FEIRA, 21/2/2014
A lista abaixo se refere aos programas de horário nobre (excetuando-se intervalos comerciais), transmitidos entre as 20 e 23h (horário da costa leste)
Programa Canal Espectadores (em milhões) Média 18-49
Gold Rush (21h) Discovery 3,743 1,4
Bering Sea Gold (22h) Discovery 2,375 0,9
American Dad! – reprise (22h30) Adult Swim/Cartton Network 1,848 0,8
Modern Family – reprise (22h30) USA Network 1,438 0,8
Gold Rush: The Dirt (20h) Discovery 2,056 0,7
Modern Family – reprise (22h) USA Network 1,414 0,7
NBA – Boston Celtics 92 x 101 Los Angeles Lakers (22h38) ESPN 1,419 0,6
WWE Friday Night Smackdown (20h) Syfy 2,729 0,6
American Dad! – reprise (22h) Adult Swim/Cartton Network 1,511 0,6
Law & Order: SVU – reprise (20h) USA Network 2,032 0,6

No Brasil

A exemplo do que ocorreu na quinta-feira, a Band zerou nas faixas de transmissão matinal ao vivo das competições realizadas em Sochi. Só para efeito de comparação, a jornada matinal do canal pago americano NBCSN (NBC Sports Network), iniciada às 6h (hora da costa leste) registrou (em dados da Nielsen) 0,5 ponto (marca que a Band sequer saiu).
Só no boletim de horário nobre dos Jogos, exibido após o Show da Fé, a Band conseguiu pontuar: 2 de média. Os números apresentados se referem à medição realizada pelo Ibope na Grande São Paulo. Cada ponto equivale a 65 mil domicílios.
Globo e Record, também detentoras dos direitos dos jogos de inverno em TV aberta, optaram por manter suas programações regulares e diluir as informações acerca das competições em seus telejornais e boletins.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Esportes, Eventos, Ibopes da vida, Jornalismo, Numb3rs, Reality-shows, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para A audiência americana da sexta-feira olímpica, 21 de fevereiro de 2014

  1. Pingback: A audiência americana do domingo, 23 de fevereiro de 2014, noite de encerramento das Olimpíadas de Inverno de Sochi | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: A audiência americana da sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s