Novo contrato entre NBC e Miss Universe Organization só deve ser assinado em março de 2014


Acordo, que exclui Miss Teen USA, deve render US$ 10 milhões por ano à emissora; Trump fica com o restante

Da redação TV em Análise

Alexander Nemenov/AFP/09.11.2013


Maria Gabriela Isler fará sucessora na NBC, indicam fontes de Trump

Diretores da Miss Universe Organization passaram a semana iniciando os detalhes do novo contrato de transmissão dos concursos Miss Universo e Miss USA para o período de 2014 a 2016. A informação foi passada ao Críticas por uma fonte de ambos os concursos.
Pelo novo acordo, o concurso Miss Teen USA ficaria excluído, sepultando assim uma possível volta do certame à TV aberta norte-americana depois de sete anos. Em março, a CBS chegou a iniciar negociações com Donald Trump, proprietário do certame, para tirar todos os concursos da MUO da NBC.
No entanto, segundo fontes da MUO, diretores da Telemundo que foram a Moscou acompanhar a organização do concurso Miss Universo 2013 barraram a investida da CBS Corporation (que envolvia também a The CW, até então potencial interessada em levar o Miss Teen USA). Valores não são revelados, mas especula-se internamente que Trump continuará a dividir meio a meio os US$ 20 milhões de luvas que o Miss Universo e o Miss USA valiam à NBC e à Telemundo no contrato encerrado em março último.
O novo acordo entre MUO e NBC deverá ser assinado na segunda quinzena de março, avaliam especialistas ouvidos pelo Críticas e não deve trazer benefícios para nenhuma das partes. Estima-se que NBC e Telemundo tenham perdido cerca de US$ 8,5 milhões de receita com os intervalos comerciais “trancados” pelos parceiros de Trump (Farouk, Diamond Nexus, Chinese Laundry, New York Film Academy, Sherri Hill, Image Skincare e OPI, só contando os patrocinadores que continuaram em relação ao Miss Universo 2012). Estima-se que a NBC tenha cobrado de cada anunciante cerca de US$ 450 mil por comerciais de 30 segundos durante o certame – mais que os US$ 400 mil cobrados nos Golden Globes (em cifras de 2012) e menos que os US$ 570 mil cobrados a cada semana do Sunday Night Football na temporada de 2013.
Caso seja assinado, o novo acordo NBC/MUO vai cobrir a realização do concurso Miss Universo 2014 no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, no início de outubro.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Jóia da coroa, Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s