O quadro de acertos do Críticas para as 15 semifinalistas do Miss Brasil 2013


Nove das 15 candidatas projetadas foram classificadas pelo júri técnico, menos a vencedora

Da redação TV em Análise

Carol Gherardi/Band/Divulgação


Adivinhe quem não veio para a ceia?

Reclamações de missólogos obrigaram a Enter a ampliar o número de semifinalistas do Miss Brasil em relação a 2012. Insatisfeitos, coordenadores estaduais tiveram suas reivindicações atendidas e o quadro de semifinalistas do Miss Brasil 2013 passou para 15. E, pela primeira vez, o TV em Análise Críticas não conseguiu emplacar a vencedora no meio do grupo seleto.
Sem chances matemáticas nas diversas avaliações pós-concurso estadual e nas parciais realizadas após a avaliação das entrevistas individuais divulgadas ora pela imprensa especializada, ora através de material de vídeo que foi apresentado no site oficial do Miss Brasil-Miss Universo, Jakeline Oliveira precisou contar com as notas da 33ª parcial do Miss Universo 2013 para reafirmar seu favoritismo. Mas essa é uma outra estória.
Abaixo, a tradicional tábua de comparações entre as favoritas que o Críticas apontou e seus acertos em relação ao júri técnico, que decidiu por antecipação as 15 semifinalistas da 59ª edição da etapa brasileira do Miss Universo:

TÁBUA DE COMPARAÇÕES
TV em Análise Críticas Júri oficial
Helena Rios (PE) Lisianny Bispo (SE)
Nathália Costa (DF) Vitoria Centenaro (RS)
Bruna Michels (SP) Priscila Cidreira (BA)
Priscila Cidreira (BA) Anne Volponi (ES)
Francielli Kloster (SC) Francielli Kloster (SC)
Nathalya Araújo (PI) Anne Caroline Vieira (PA)
Orama Valentim (RJ) Helena Rios (PE)
Bianca Matte (RR) Cristina Alves (RN)
Raíssa Campelo (AC) Bruna Michels (SP)
Jeane Aguiar (RO) Isis Machado (PR)
Isis Machado (PR) Jakeline Oliveira (MT)
Cristina Alves (RN) Orama Valentim (RJ)
Patrícia dos Anjos (PB) Mariana Vasconcelos (CE)
Vitoria Centenaro (RS) Janaína Barcelos (MG)
Janaína Barcelos (MG) Patricia Machry (MS)

Três das quatro candidatas que tinham potencial de classificação entre as semifinalistas do Miss Universo 2013 entraram na tabela: a pernambucana Helena de Castro Rios (classificada entre as 10 semi), a paulista Bruna Michels (eliminada para o corte da definição das três primeiras colocadas) e a baiana Priscila Cidreira (terceira colocada).
Se fossem levadas apenas as notas da avaliação final que o Críticas fez para o Miss Brasil 2013, Jakeline Oliveira estaria amargando um humilhante 41º lugar. Mas os critérios jornalísticos deste espaço falaram mais alto e uma nova contagem de notas foi feita, desta vez a favor. Foram levados em conta apenas os momentos de participação da matogrossense no desfile que lhe deu o título nacional. A cobertura feita pela imprensa pesou-lhe amplamente a favor. Coisa que não aconteceu às candidatas da Tanzânia, China e Noruega, eleitas no mesmo fim-de-semana que Jakeline, em concursos nacionais de menor estrutura e divulgação que o Miss Brasil passou a ter a partir de 2003.
Uma provável vitória de Jakeline Oliveira no Miss Universo 2013, marcado para o dia 9 de novembro, em Moscou (já marcado por uma rinha gravíssima de bastidores entre a organização russa e a NBCUniversal, detentora dos direitos de transmissão do certame para os Estados Unidos), significaria a coroação do projeto de misses da Band, vigente desde 2003 e em prática solo desde 2012. E, por tabela, da gestão de Caio Luiz de Carvalho e Frederico Nogueira (que, gradativamente, vem tomando as rédeas definitivas das 27 coordenações estaduais, com a realização, só em 2013, de 25 certames estaduais).
Ainda de volta à conturbada questão da transmissão televisiva do Miss Universo 2013: por parte da CTC Media, já não se descarta mais a divisão da transmissão do certame em dois sinais: um, internacional, faria a transmissão ao vivo às 14h (horário de Brasília). O outro, exclusivo da NBC, serviria para a gravação em horário nobre, já marcada para às 21h (hora da costa leste). Esta última parte não interessa ao público brasileiro.

Quadros de acertos anteriores de semifinalistas no Miss Brasil:
*2012

Evolução

Das nove semifinalistas acertadas pelo Críticas, sete se classificaram entre as 10 semifinalistas: Bahia, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo. Destas, todas as três candidatas na zona de classificação para o Miss Universo 2013 estavam inclusas.
Das nove semifinalistas acertadas pelo Críticas, quatro se classificaram também entre as cinco finalistas: Paraná, Bahia, São Paulo e Minas Gerais.
Das nove semifinalistas acertadas pelo Críticas, duas foram chamadas à fase de corte para três finalistas que tomariam conhecimento de seus resultados: Bahia (3º lugar) e Minas Gerais (2º).
A vencedora, Jakeline Oliveira, de Mato Grosso, não estava entre as favoritas nas avaliações pós-concursos estaduais, tampouco nas quatro avaliações (três parciais e a final) que o Críticas realizou com as 27 candidatas eleitas ao Miss Brasil 2013.
Como exposto, Jakeline só conseguiu se tornar favorita ao título de Miss Universo 2013 com as notas que o Críticas apurou após seus desfiles em trajes de banho e de gala e a repercussão de mídia de sua eleição como Miss Brasil 2013.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para O quadro de acertos do Críticas para as 15 semifinalistas do Miss Brasil 2013

  1. Pingback: O quadro de acertos do Críticas para as 16 semifinalistas do Miss Universo 2013 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: Nas quatro edições anteriores do Miss Brasil que o Críticas avaliou, RJ só não emplacou favorita ao título em 2014 | TV em Análise Críticas

  3. Pingback: Críticas acerta 80% das 15 semifinalistas do Miss Brasil 2015 | TV em Análise Críticas

  4. Pingback: Críticas acerta maioria das semifinalistas e, com os vídeos oficiais, todas as finalistas do Miss Brasil 2016 | TV em Análise Críticas

  5. Pingback: Com revisão de quadro, paraense cai fora e Críticas passa a acertar 10 das 15 semifinalistas do Miss Brasil 2016 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s