Russos e NBC não se entendem em relação a horário de transmissão do Miss Universo 2013


Ninguém quer ver o concurso na hora do almoço nas Américas

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Missosology/Reprodução


Paula Shugart em Moscou: televisão de cachorro

Começou a ficar tensa a relação entre a Miss Universe Organization e a Crocus Group no que diz respeito ao horário da 62ª edição do concurso Miss Universo. A direção de programação da rede americana NBC quer porque quer (até para respeitar tradições) o certame na faixa das 20 às 22h do dia 8 de novembro (o que equivale à faixa das 4 às 6h da manhã do dia 9 de novembro, pelo horário de Moscou). Quer o certame ao vivo para os telespectadores das Américas, para não lesar telespectadores e emissoras que compraram os direitos na região. É hábito desde 1973.
Do outro lado da corda, a Crocus e o canal privado de TV CTC berram pela realização do certame às 20h (hora de Moscou) do próprio dia 9 (15h, pelo horário brasileiro de verão ou 14h, em Teresina e Recife). Estima-se que a CTC/Crocus pagou US$ 9 milhões pela realização do Miss Universo 2013 na capital russa. Mas a NBC quer essa grana retribuída em seu favor, para não arrebentar a parceria com a Trump Organization (mais arrebentada que Dodge Polara 1978 estacionada em birosca de esquina).
A ida de Paula Shugart, presidenta da Miss Universe Organization, a Moscou nos primeiros dias de julho foi inútil na ótica do bom-senso e do semancol. Lobista de Vladimir Putin nas áreas de assistência médica e varejo de tecelagem, o empresário Aras Aglarov mandou seu filho Emin pressionar a dirigente de Trump pela realização do Miss Universo 2013 no horário nobre da tevê aberta russa. Não foi atendido: na volta a Nova York, Shugart deu com as caras no gabinete dos executivos principais da NBC Entertainment, Robert Greenblatt e Jennifer Salke. “Concurso de Miss Universo ao meio-dia? Você maluca, Paula? Quer que a gente [NBC e o canal hispânico Telemundo] tome uma multa pesada da FCC [a Anatel americana]?”, esbravejou um Greenblatt irado, do alto de seu gabinete em Nova York, na 30 Rockfeller Plaza. O pau quase comeu.
Noves fora o terrorismo de entidades GLBTTT russas (proscritas) e americanas (legalizadas) contra o certame, a questão do horário para atender às demandas da TV norte-americana passou a ser uma nova dor-de-cabeça para a já corroída parceria entre a Trump Organization e a NBCUniversal (que já deve resultar no cancelamento do The Celebrity Apprentice). Em 22 de junho, este TV em Análise Críticas já havia alertado os leitores para a treta que iria ocorrer entre a MUO, a NBC, a CTC e a Crocus.
Uma vez amansados os ânimos dos ativistas arco-íris de teclado, o grupo responsável pela programação de especiais e programas alternativos da NBC, coordenado por Paul Telegdy, começa a trabalhar junto a Greenblatt para fazer de Dracula lead-out do Miss Universo 2013 (informação antecipada pelo Críticas em 7 de julho). É a lógica. Menos para os organizadores do Miss Universo 2013 na Rússia, que não se emendam. A Band, em São Paulo, e a programadora do canal pago TNT, em Atlanta e em sua filial brasileira, já começam a mostrar apreensão com a baixaria russo-americana pós-asilo ao espião Edward Snowden.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Russos e NBC não se entendem em relação a horário de transmissão do Miss Universo 2013

  1. Pingback: EXCLUSIVO: Sai a 29ª avaliação parcial do Críticas para o concurso Miss Universo 2013 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: EXCLUSIVO: Sai a 31ª avaliação parcial do Críticas para o concurso Miss Universo 2013 | TV em Análise Críticas

  3. Pingback: O quadro de acertos do Críticas para as 15 semifinalistas do Miss Brasil 2013 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s